Blog da Brasil Brokers - Tudo sobre imóveis, arquitetura e decoração

Postado por <brasilbrokers>
21 set

Quadros são objetos de decoração capazes de transformar qualquer ambiente sem graça em um ambiente incrível. Confira sete dicas-chave da Brasil Brokers sobre como decorar com quadros e acerte nas suas escolhas!

Quadros são um artigo de decoração versátil e poderoso, repleto de possibilidades para a decoração de qualquer ambiente.

Para lhe ajudar a fazer as escolhas certas, a Brasil Brokers separou sete dicas-chave sobre como decorar com quadros. Dessa forma, você saberá por onde começar e evitará erros comuns no momento de usar quadros na decoração da sua casa.

 

sala decorada com quadros

 

 

 

1. Pense na atmosfera do cômodo que você quer adicionar quadros

Cada cômodo possui uma função e uma atmosfera específicas, que devem ser levadas em conta na escolha dos quadros e cores que serão combinadas.
O vermelho escarlate, por exemplo, é uma cor que deve ser evitada em quadros que estarão em um quarto, para não prejudicar o conforto que o ambiente deve proporcionar.

 

quarto decorado com quadros

 

 

 

2. Considere a paleta de cores do ambiente

Para compor o visual de um ambiente de forma adequada, é fundamental escolher quadros com cores que estejam em harmonia com as cores utilizadas nas paredes, móveis e outros acessórios que compõem a decoração.
Para se inspirar, é possível contar com paletas de cores prontas disponíveis na internet.

 

 

3. Pesquise referências

 

quarto moderno decorado

 

Neste momento, a internet é sua aliada. Pesquise referências de quadros que combinem com o seu estilo pessoal e com o ambiente que você deseja decorar.

Aproveite para analisar as diferentes combinações de quadros grandes e pequenos, assim como as diferentes formas de posicioná-los na parede.

 

 

 

4. Siga um conceito

 

sala moderna com quadros

 

 

Muitas vezes, combinar quadros que não possuem características visuais semelhantes pode resultar em um visual desarmonioso para a sua sala.
Atenha-se a um conceito e siga-o no momento de eleger as composições visuais que estarão juntas em uma parede. Dessa forma, a chance de errar será menor.

5. Considere as sensações que os quadros escolhidos produzem

 

sala de estar decorada

 

Quadros, em geral, transmitem sensações à pessoa que os observa. Por esta razão, preste bastante atenção aos detalhes e cores que compõem a imagem de cada quadro escolhido, especialmente no que diz respeito a pinturas ou fotografias.

O resultado é simples: quadros que proporcionam a sensação de incômodo tornarão o ambiente incômodo e assim por diante.

 

 

6. Disponha os quadros na altura dos olhos

 

sala de jantar decorada com quadros

 

Quadros muito altos ou muito baixos tendem a passar despercebidos ou, ainda, parecer deslocados na composição visual do ambiente.

Caso você pretenda realizar uma composição com vários quadros, lembre-se que as peças que ficarem na altura dos olhos estarão em uma posição de destaque.

 

 

7. Evite colocar quadros grandes em ambientes pequenos

 

quadros decorando a parede

 

 

Caso deseje decorar um ambiente pequeno com quadros, evite escolher uma peça muito grande, pois isso faria o ambiente parecer ainda menor. Neste caso, prefira combinar quadros pequenos.

Uma outra opção para ambientes pequenos é a combinação entre espelhos e quadros, para proporcionar uma sensação de amplitude extra no espaço disponível.

Agora que você sabe como decorar com quadros, que tal colocar essas dicas em prática? Qualquer ambiente da sua casa ganhará um charme extra através da adição dos quadros certos. Experimente!

 

 

Postado por <brasilbrokers>
20 set

Conheça as flores mais charmosas para sua casa, apartamento e espaço comercial.

 

As flores são capazes de renovar o astral de qualquer ambiente. Ao ganhar uma plantinha, os imóveis residenciais e comerciais vestem-se com cores chamativas que dão um charme especial à decoração e ainda trazem um pouco da natureza para os lugares urbanos. Além disso, as plantas são bem fáceis de cultivar e preservar – o hábito de regar o vaso se transforma em um tipo de terapia diária.

 

Na hora de escolher a melhor flor para cada tipo de imóvel, é importante não levar em consideração apenas a estética, e sim se o local está adequado para receber a planta. Para te ajudar a florir os espaços da melhor maneira, o blog da Brasil Brokers separou 9 dicas de flores para colocar em casa, apartamento e no local de trabalho. Conheça!

 

 

 

Casa

Decore a casa com espécies de flores que se dão superbem tanto nas áreas externas quanto nas internas. Confira:

1. Bromélia

As cores e folhagens das bromélias são capazes de renovar a decoração dos ambientes internos: sala de estar, sala de jantar e até o quarto do casal. Essa espécie se adapta a temperaturas entre 15 e 25 graus, por isso, pode ser colocada em espaços com sombra e sem a incidência de luz solar direta.

 

flor Bromélia

 

 

 

 

2. Orquídea

Uma das melhores plantas para ambientes internos, a orquídea pode dar flor por até seis meses, dependendo da espécie. Para preservá-la, regue de maneira uniforme, molhando bastante as folhas, mas deixando o excesso de água escorrer e secando o miolo com um pano macio. Em casa, coloque as orquídeas na mesa de jantar ou em aparadores.

 

flor orquídea decorando sala

 

 

 

3. Begônia

Outra opção bastante colorida, a begônia é uma espécie delicada que fica deslumbrante dentro de vasos bem elaborados. Para preservar a beleza da flor, a proteja da luz forte do sol e, principalmente, do vento. Tudo pode ficar ainda mais elegante se você espalhar buquês com begônias de várias cores pelos cômodos internos da casa.

 

flor begônia decorando mesa

 

 

 

Apartamento

Apartamentos grandes ou pequenos podem ganhar uma decoração verde: na sacada, coloque painéis para fixar vasos e, nos ambientes internos, prefira flores perfumadas.

4. Violeta

A violeta é o tipo de flor pequena que cabe em qualquer cantinho da casa, desde que tenha bastante contato com a luz do sol. Roxinhas e delicadas, as pétalas dão um diferencial ao cômodo do apartamento, principalmente se for colocada no parapeito das janelas.

 

flor violeta

Reprodução: Pinterest

 

 

 

5. Palmeira Areca

Uma planta que se adapta muito bem aos ambientes internos, a palmeira areca possui crescimento rápido e fácil de domar. Depois de adulta, a palmeira se transforma em um tipo de mini árvore, ideal para colocar no corredor de entrada do apartamento. Posicione o vaso diretamente no chão, pois os galhos podem atingir até cinco metros de altura.

 

palmeira decorando casa

 

 

 

6. Russelia

Se o seu apartamento tem sacada, não perca tempo e instale um painel de madeira para fixar vasinhos de flores. Além de dar um up na decoração, você pode colocar espécies como a russelia, uma opção que tolera o frio e ainda atrai beija-flores e borboletas. Depois de adulta, a planta fica enorme e seus galhos lembram os de uma samambaia.

 

flor Russelia

 

 

 

Imóveis comerciais

As flores trazem uma série de benefícios ao local de trabalho: elevam a produtividade, trazem a sensação de bem-estar e renovam a decoração sóbria.

7. Zamioculca

Apesar do nome complicado, você provavelmente já viu essa espécie como item de decoração nos corredores de edifícios. As folhas verdes brilhantes e os galhos alongados da zamioculca são fáceis de cuidar, se adaptam a temperaturas ambientes e ainda se dão superbem em locais com pouca ventilação e iluminação.

 

 

flor zamioculca decorando

Reprodução: Pinterest

 

 

 

8. Cacto

Os cactos são os queridinhos do momento quando o assunto é decoração com plantas. Eles se adaptam facilmente ao local de trabalho, podendo ser uma excelente pedida para colocar na mesa do escritório ou até no chão em vasos maiores. O cacto precisa de pouca água, por isso, regue apenas quando a terra estiver seca.

 

cacto decorando sacada

 

 

 

9. Hera

Também conhecida como trepadeira, a hera é capaz de transformar a beleza do local de trabalho. Essa espécie pode agarrar-se na superfície onde é colocada, crescendo pela parede e mudando o visual de lojas e da recepção de escritórios. Além disso, a hera consegue crescer mesmo com a temperatura do ar-condicionado.

 

planta hera decorando

Reprodução: Pinterest

 

 

E aí, se inspirou com as nossas dicas? Aqui, no blog da Brasil Brokers, você encontra uma série de dicas para colocar em prática em casa e no dia a dia. Fique ligado nos nossos posts e não deixe de comentar!

Postado por <brasilbrokers>
19 set

Comprar o primeiro imóvel é, ao mesmo tempo, uma grande conquista e um grande desafio. Há diversos tipos de imóveis no Brasil, direcionados para aqueles que possuem uma renda um pouco mais alta ou não. Na hora de escolher a primeira casa ou apartamento, é importante estudar o próprio orçamento, escolher a melhor localização e conferir se a opção combina com as suas necessidades.

Para ajudar a realizar o sonho de morar sozinho, a Brasil Brokers detalhou sete dicas para comprar o primeiro imóvel com mais organização e planejamento. Confira nossas sugestões para o seu futuro!

 

 

primeiro imóvel

 

 

 

1. Monte um planejamento financeiro

Muitas pessoas caem na tentação do cartão de crédito e outros gastos supérfluos, o que pode gerar uma grande dívida no futuro. Por isso, antes de investir no primeiro imóvel, coloque todas as pendências em uma planilha e tente quitá-las o quanto antes. Ao modificar seus hábitos de consumo, você consegue controlar melhor as finanças e conquistar o sonho da casa própria.

2. Confira imóveis usados

Imóveis usados costumam oferecer preços mais acessíveis do que um novo. Algumas opções podem vir equipadas com alguns itens conservados, como mobílias embutidas – armários e dormitórios. Além disso, você também pode encontrar casas com cômodos espaçosos, o que é mais difícil em empreendimentos mais novos, projetados com áreas compactas.

 

primeiro imóvel em casal

 

 

 

3. Faça visitas

Observe antecipadamente se a moradia conta com alguns problemas – encanamento entupido, fiação solta ou perigosa, pouca ventilação e luminosidade, defeitos na arquitetura e, é claro, dimensões da planta. Outra dica, é fazer a visita acompanhado por um corretor, que fica responsável por tirar suas dúvidas, cuidar da documentação e oferecer maiores oportunidades de acordo com o que você precisa.

4. Fique de olho no valor da parcela

Ficar atento ao valor da parcela é uma das principais dicas para comprar o primeiro imóvel, principalmente se ele for financiado. Um financiamento pode durar de 30 a 35 anos, o que é bastante tempo. Para não ultrapassar suas questões financeiras, não comprometa mais do que 20% da sua renda líquida. Pesquisar também o valor de um imóvel alugado pode ser uma excelente maneira de fugir da dívida, que pode durar a vida inteira.

 

economias para comprar imóvel

 

 

 

5. Escolha bem a instituição financeira

Os juros para financiar uma casa ou apartamento variam. Por exemplo, em um imóvel de até R$ 500 mil, a taxa de juros pode variar, por ano, entre 8% e 10%. Por isso, estude as condições de crédito e tome cuidado para não cair em pacotes que não valem a pena. Faça pesquisas e confira as taxas mais vantajosas que bancos públicos podem oferecer.

6. Cuide da documentação do primeiro imóvel

Entre os documentos que podem ser necessários para comprar o primeiro imóvel, está a Certidão negativa de ações cíveis, fiscais e criminais junto à Justiça Comum e junto à Justiça Federal; Certidão negativa de ações trabalhistas, junto à Justiça do Trabalho; Certidão de casamento; Certidão de matrícula e de ônus e ações do imóvel e Declaração de inexistência de débitos condominiais expedida pelo síndico do prédio.

7. Conte com a Brasil Brokers

Além de seguir essas dicas para comprar o primeiro imóvel, você também pode contar com a ajuda da Brasil Brokers, um dos maiores grupos imobiliários do Brasil. Aqui, há mais de 15 mil imobiliárias líderes em oito estados e, aproximadamente, 15 mil corretores cadastrados. Assim fica fácil encontrar a casa que você sempre sonhou, não é? Aproveite e conheça as nossas oportunidades para o seu futuro!

 

compra do primeiro imóvel

Postado por <brasilbrokers>
17 set

Planejar todas as etapas antes de sair da casa dos pais é essencial para que o sonho de morar sozinho não vire um pesadelo

 

 

morando sozinho

 

 

Apesar de não parecer, ir morar sozinho pode ser mais simples do que você imagina. Com um pouco de organização e planejamento, é possível se mudar para a casa ou apartamento que sempre sonhou, mesmo com pouca grana e sem se enrolar com as dívidas. Além disso, morar sozinho é uma conquista que traz uma série de benefícios: você cria uma rotina só sua, amadurece e coloca diversos projetos de vida em prática.

A decisão de ir morar sozinho pode aparecer a qualquer instante, certo? Por isso, o blog da Brasil Brokers separou algumas dicas que você pode seguir durante esse grande passo na sua vida. Se este é um dos seus objetivos para o futuro, confira como se organizar para morar sozinho a seguir.

 

 

 

jovem morando sozinho

 

 

Como morar sozinho com pouco dinheiro

Avalie suas dívidas

Antes de mais nada, é de extrema importância colocar as dívidas pendentes em uma planilha organizada por prioridades. É muito comum as pessoas ficarem endividadas com contas de telefone, cartão de crédito e gastos com roupas e calçados. Por isso, antes de tomar essa decisão tão importante, analise suas finanças e tente quitar todas as dívidas antes da mudança.

 

 

 

casa moderna e economica

 

 

Junte dinheiro

Depois de ficar com o bolso mais leve, é preciso deixar  alguns gastos supérfluos de lado – afinal de contas, morar com os pais é bem mais barato. Guarde dinheiro para cobrir imprevistos e, ainda, comprar eletrodomésticos e móveis confortáveis para a casa nova.

 

 

Encontre o aluguel que cabe no bolso

Além de escolher um imóvel com as melhores características, como localização e prédio, você também precisa ficar atento ao valor do aluguel. Defina prioridades e, se possível, alugue um lar menor para se enquadrar com o preço que você pode pagar. Faça pesquisas na internet e somente visite aquela casa ou apartamento que realmente se encaixa nas suas necessidades.

 

 

Liste os gastos fixos

 

Para não cair em dívidas (novamente), as despesas fixas não podem ultrapassar 50% da sua renda líquida – entre eles: aluguel, condomínio, gás, água e eletricidade. Com 30%, você pode realizar gastos supérfluos, como idas ao salão, compras e outras atividades que deixam a vida mais leve. Já os 20% restantes podem ser usados nos seus investimentos. Assim, você organiza o orçamento de maneira leve, simples e eficiente.

 

 

Como se planejar para morar sozinho: outras dicas importantes

 

 

 

mulher cozinhando em casa sozinha.

 

 

Como morar sozinho com práticas simples no dia a dia e sem precisar ligar para os pais sempre que acontecer algum perrengue?

 

– Cuide da decoração. Deixe a sua nova casinha com a sua cara, fácil de organizar e com as suas cores favoritas. Quadros e porta-retratos também deixam o lar com a sua personalidade.

-Compre móveis usados. Há ótimas opções no mercado, sendo algumas quase novas e até estilosas, com um toque vintage.

-Aprenda a cozinhar. Ao invés de optar por fast foods e alimentos congelados, aprenda a fazer uma alimentação saudável e balanceada.

-Não compre tudo de uma vez. Primeiro, compre a cama, mesa, pratos e copos, panelas e iluminação. Os sofás, armários e objetos de decoração podem ser comprados depois.

-Não espere mordomias. Morar longe dos pais não é fácil, por isso, tenha paciência em cada problema e improvise quando necessário.

Aproveite muito essa nova fase. Morar só com você é uma experiência marcante e repleta de desafios. Cuide de si mesmo e aproveite a liberdade para chamar amigos e visitas queridas, passar a noite vendo filmes e, é claro, se aventurando com coisas que nunca fez sozinho.

Agora que você já sabe como se organizar para morar sozinho, aproveite para conhecer as oportunidades que a Brasil Brokers tem para te oferecer. Encontre imóveis em todo o Brasil para sair da casa dos pais e dar um grande passo na vida. Será um prazer te ajudar a realizar esse sonho.

 

 

 

 

pessoa morando sozinho

Postado por <brasilbrokers>
14 set

Trânsito intenso, horário de pico, barulho de buzinas, excesso de pessoas, ônibus lotado, entre outras coisas, tudo isso é muito comum para quem vive em grandes cidades, como é o caso de São Paulo. Mas a maioria das pessoas cansa dessa rotina e não vê a hora de morar em um lugar bem mais calmo. Pensando nisso, a Brasil Brokers selecionou algumas das melhores cidades de SP para quem está em busca de tranquilidade.

Confira neste post quais são essas cidades e conte com a nossa ajuda para garantir imóveis por lá.

 

Cidades de São Paulo com ótima qualidade de vida

 

Uma boa qualidade de vida é extremamente necessária para que a pessoa se sinta bem onde está morando. Para isso acontecer, é preciso que muitos quesitos estejam em harmonia e resultem em um bom lugar para se viver. Veja algumas das cidades paulistas que se destacam em qualidade de vida.

 

Campinas

 

 

imóveis em campinas

 

 

Campinas é uma cidade que conta hoje com um pouco mais de um milhão de habitantes e tem sido cada vez mais procurada pelas pessoas que saem da capital em busca de mais tranquilidade, sem perder algumas modernidades de uma cidade grande. Com excelentes universidades e oportunidades profissionais, Campinas tem sido uma ótima válvula de escape.

Com a nossa ajuda, você pode encontrar um terreno ou apartamento à venda em Campinas já pronto para morar. Conte com os nossos profissionais para começar uma vida nessa cidade tão requisitada.

 

 

Jundiaí

 

 

imóveis em jundiai

 

 

Jundiaí é uma cidade bem menor que Campinas. Com 370 mil habitantes e muitas qualidades, esse é um local bem interessante para “fugir” do agito da cidade grande. O município tem um dos melhores sistemas de saneamento básico de cidades com mais de 300 mil habitantes de todo o país e também é forte em pontos importantes como educação, longevidade e renda.

É possível encontrar casas à venda em Jundiaí, apartamentos prontos para morar e terrenos em inúmeras regiões da cidade. Não deixe de aproveitar a ótima qualidade de vida desse município.

 

 

Atibaia

 

 

Paisagem de Atibaia

 

 

A cidade de Atibaia está em uma expansão constante e tem atraído novos moradores. O local é um dos melhores para se comprar imóveis. Além disso, Atibaia quase não tem trânsito e possui um custo de vida baixíssimo. Se é tranquilidade que você quer, essa é uma excelente cidade para a sua escolha, inclusive ela faz parte do topo do ranking das cidades mais seguras de todo o estado.

 

 

São Caetano do Sul

 

 

Imóveis em São Caetano do Sul

 

 

São Caetano do Sul é conhecida por ser a melhor cidade para se morar no estado de São Paulo. Embora ela seja um município com muitos habitantes, a tranquilidade prevalece por lá. Por ficar na região do ABC, é ainda possível morar em São Caetano e trabalhar na capital paulista. A qualidade de vida nesse local é exemplar, e muitos a buscam como um ótimo refúgio.

 

 

Ribeirão Preto

 

 

Imóveis em Ribeirão Preto

 

 

Entre as cidades do mesmo porte de Ribeirão Preto (500 a 800 mil habitantes) no estado de São Paulo, Ribeirão é a que se sai melhor em quesito qualidade de vida. Um lugar ideal para quem quer tranquilidade e também ótimas oportunidades de emprego e educação.

 

 

Outras cidades

 

Existem algumas cidades em São Paulo que são bem menores em número de habitantes, mas gigantes quando o assunto é qualidade de vida. São João da Boa vista, Vinhedo, Americana, Lins, São José do Rio Pardo e Mogi Mirim são municípios que atendem às necessidades de qualquer pessoa e passam bem longe do agito de uma metrópole.

 

 

 

Conte com a ajuda da Brasil Brokers para encontrar o seu imóvel

 

Na Brasil Brokers, você encontra o imóvel perfeito para o destino que quiser. Morar em uma cidade mais tranquila contribui muito até mesmo para uma melhor saúde e um cotidiano menos agitado. É possível achar apartamentos, casas e terrenos prontos ou não para morar. Agora que você já sabe quais são as melhores cidades de SP para quem busca tranquilidade, defina o destino e comece já a sua busca.