Blog da Brasil Brokers - Tudo sobre imóveis, arquitetura e decoração

Postado por <brasilbrokers>
29 ago

Saber como funciona um financiamento de imóvel é importantíssimo para se organizar e não ter surpresas desagradáveis no processo

 

A forma como funciona um financiamento de imóvel é repleta de minúcias, que devem ser cuidadosamente estudadas e compreendidas antes de tomar qualquer decisão.
Para lhe ajudar nesse importantíssimo passo na aquisição do seu futuro imóvel, a Brasil Brokers fez um guia completo, repleto de itens que você deve saber para entender como funciona o financiamento de imóvel. Confira!

como funciona um financiamento de imovel

O que é financiamento de imóvel?

O financiamento de imóvel é uma linha de crédito a longo prazo (ou seja, um empréstimo), disponibilizada por instituições financeiras em geral.
Com essa linha de crédito, é possível parcelar – com a adição de juros – o pagamento do valor parcial ou integral de um imóvel que você pretende adquirir.

Financiamento de imóvel: como funciona

No financiamento imobiliário, um banco realiza o pagamento integral ou parcial do imóvel que você irá adquirir. Dessa forma, a sua dívida passa a ser com o banco, que, por sua vez, cobra a sua dívida em parcelas compostas por juros e amortização. Ao financiar, o imóvel não consta como sua posse direta e, caso deseje vendê-lo antes de quitar a sua dívida com o banco, existirão algumas burocracias.

Financiamento de imóvel vale a pena?

Não há uma resposta que abranja todos os casos. De qualquer forma, há alguns casos em que o financiamento tende a ser mais ou menos benéfico.

O financiamento imobiliário não costuma valer a pena se:

  • Você é uma pessoa no início da carreira profissional;
  • Você pretende se mudar para o exterior;
  • Você não tem condições de arcar com uma dívida alta e duradoura.

O financiamento de imóvel costuma valer a pena se:

  • Você tem uma grande família;
  • Está em busca de uma moradia estável;
  • Você tem condições de arcar – sem grandes sacrifícios – com uma dívida duradoura de valor alto.

Recomendamos que você, antes de decidir financiar um imóvel, realize uma análise dos seus objetivos e do seu panorama financeiro. Desta forma, ficará mais claro qual é a melhor alternativa para você.

Tipos de financiamentos

No Brasil, existem dois principais tipos de financiamentos, sendo eles o SFH e o SFI.

SFH

O SFH (Sistema Financeiro de Habitação) é uma opção que utiliza os recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e do SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos) para realizar o financiamento de imóveis residenciais.
Atualmente, com o SFH, é possível financiar até R$ 760 mil do valor de um imóvel residencial, sendo R$ 950 mil o valor máximo, dependendo do estado em que está localizado.
No SFH, é possível usar o seu FGTS para pagar o saldo devedor.

SFI

O SFI (Sistema de Financiamento Imobiliário) utiliza fundos de pensão e investimento para realizar financiamentos imobiliários. Inicialmente não há nenhum limite para o valor que será financiado, pois este será determinado após a análise financeira pela qual você será submetido.
Neste sistema, o imóvel financiado fica sob alienação fiduciária, tornando possível perdê-lo em caso de inadimplência. Além disso, no SFI, os juros tendem a ser mais altos que no SFH, mas, em contrapartida, possibilita o financiamento de imóveis comerciais.

como funciona financiamento de imovel

Como fazer um financiamento de imóvel

O financiamento de um imóvel é um processo que demanda paciência, pois é necessário realizar a separação de diversos documentos, além de se submeter a algumas análises. Conheça os passos:

  • 1º passo: Realize simulações em diferentes instituições financeiras.
  • 2º passo: Selecione a opção mais adequada às suas necessidades e, se necessário, realize uma proposta de financiamento.
  • 3º passo: Faça a análise de crédito. (Veja o item “Documentos necessários para financiamento de imóvel”).
  • 4º passo: O vendedor e o imóvel também passarão por avaliações. Será necessário apresentar diversos documentos referentes a ambos à instituição financeira.
  • 5º passo: Caso as condições propostas agradem a todas as partes envolvidas, o contrato de financiamento deverá ser assinado e registrado em cartório.
  • 6º passo: Deverá ser realizado o pagamento da taxa ITBI (imposto de transação de bens e imóveis) para fazer a transferência da escritura do imóvel.

O processo de financiamento imobiliário não costuma sofrer rupturas profundas com estes passos, apesar de ser passível de sofrer algumas alterações, de acordo com o tipo de imóvel que está sendo financiado.

Financiamento de imóvel na planta

O financiamento de um imóvel na planta deve ser feito em duas fases.
Em um primeiro momento, o comprador firma um financiamento em que será realizado o pagamento do imóvel de maneira adiantada para custear as obras.
Após o fim das obras, o restante do valor do imóvel deverá ser pago integralmente ou financiado para concretizar, enfim, a compra do imóvel e realizar a transferência da escritura, mediante o pagamento do ITBI.

Amortização de financiamento: opções disponíveis

Em um financiamento, também é necessário escolher a forma mais adequada de pagar as parcelas, ou seja, o sistema de amortização mais adequado a você.
No Brasil, há duas opções de amortização mais utilizadas pelos bancos: o SAC e a Tabela Price.

O que é amortização?

A amortização, neste caso, é uma quantia do saldo devedor correspondente ao valor do imóvel que é paga mensalmente nas parcelas de um financiamento.

SAC

Com o SAC (Sistema de Amortização Constante), você realiza o pagamento mensal de parcelas sem valor fixo, que tendem a se tornar mais baratas ao longo dos anos, conforme a quitação do financiamento se torna próxima.
Com o SAC, o pagamento da amortização é mais veloz e o valor pago em juros tende a ser menor que o pago no sistema da Tabela Price.

Tabela Price

Ao optar pela Tabela Price, as parcelas do financiamento possuem o mesmo valor do começo ao final do pagamento dessa dívida.
Nesse sistema, o pagamento da amortização acontece de forma mais lenta: o valor do juros cobrado é decrescente, enquanto o pagamento da amortização é crescente, conforme as parcelas são pagas.

financiamento de imoveis

Documentos necessários para financiamento de imóvel

Ao financiar um imóvel, serão necessários diversos documentos.
Algumas instituições pedem alguns documentos diferentes, então, é fundamental se informar diretamente com a instituição. Os principais documentos exigidos são:

Documentos do comprador – Pessoa Física

  • RG e CPF;
  • Certidão de nascimento ou certidão de casamento, caso seja casado(a);
  • Comprovante de renda;
  • Certidão negativa para comprovar a inexistência de débitos em relação a órgãos públicos.

Caso você opte pelo SFH e deseje usar o seu FGTS para pagar uma parcela do financiamento, será necessário levar mais documentos. A lista de documentos necessários neste caso poderá ser consultada no site do FGTS.

Documentos do comprador – Pessoa Jurídica

  • Contrato ou Estatuto social (junto às respectivas alterações, caso existam);
  • Certidão negativa;
  • Certidão de Quitação de Tributos Federais (CQTF);
  • Comprovante de recolhimento de FGTS (CRF).

Documentos do vendedor – Pessoa Física

  • RG e CPF;
  • Certidão de nascimento ou certidão de casamento, caso seja casado(a);
  • Comprovante de renda;
  • Certidão negativa para comprovar a inexistência de débitos em relação a órgãos públicos.

Documentos do vendedor – Pessoa Jurídica

  • RG (ou outro documento de identificação que traga foto e filiação, pertencente a uma pessoa que represente a empresa);
  • CPF (pertencente à pessoa que represente a empresa);
  • Contrato ou Estatuto Social (Junto às respectivas alterações, caso existam);
  • Certidão negativa;
  • Certidão de Quitação de Tributos Federais (CQTF);
  • Comprovante de recolhimento de FGTS (CRF).

Documentos do imóvel

  • IPTU do ano corrente;
  • Certidão negativa do IPTU;
  • Matrícula do imóvel emitida em, no máximo, 30 dias.

 

Agora que você sabe como funciona um financiamento de imóvel, reserve um tempo para analisar a sua situação financeira atual e comece a traçar os seus planos. Com planejamento, seu sonho de adquirir uma casa própria poderá ser realizado da melhor forma possível.

Faça uma simulação de financiamento!

credimorar logo

Em nosso site você pode fazer uma simulação do financiamento. Utilizando o sistema da Credimorar, é possível aproveitar as melhores condições, tanto para imóveis residenciais quanto comerciais.

Conte com a Brasil Brokers para realizar o seus sonhos! Em nosso site, você encontra imóveis prontos para morar ou lançamentos. Acesse já e encontre as melhores opções para você.

Gostou das informações? Fique de olho nas novidades do nosso blog. Encontre dicas sobre compra de imóvel, decoração, organização e mais!

Postado por <brasilbrokers>
28 ago

Procurar imóveis no Brasil pode ser um desafio e tanto, certo? Antes de escolher o “lar, doce lar” ou o espaço comercial, é essencial conhecer quais são os tipos de imóveis que melhor se encaixam diante das suas necessidades. Há diversos bens no Brasil, e um deles com certeza tem a sua cara, pensados a fim de levar o máximo de conforto e versatilidade em uma série de tarefas. Conheça!

 

Tipos de casas residenciais

 

1. Casa geminada

A casa geminada consiste em duas propriedades ligadas uma à outra que dividem igualmente o espaço do terreno: a mesma estrutura visual, número de cômodos e o mesmo telhado.

tipos de imoveis casa geminada

Reprodução: Pinterest

2. Sobrado

Bastante comum em condomínios, o sobrado é toda e qualquer casa com dois ou mais andares.

tipos de imoveis sobrado

3. Bangalô

Muito comum em praias da América do Norte, os bangalôs são casas térreas que costumam ser grandes e com uma ou mais varandas.

tipos de imoveis bangalo

4. Mansão

As mansões são propriedades de alto luxo, com diversos cômodos e outras funções habitacionais que podem ser muito além daquilo que o morador precisa.

tipos de imoveis mansao

5. Edícula

Esse tipo de imóvel costuma ficar localizado no fundo de um terreno. Geralmente, as edículas são pequenas, com apenas um dormitório, sala, banheiro, cozinha e, ainda, uma garagem e lavanderia.

tipos de imoveis edicula

Reprodução: Pinterest

6. Loft

Bastante inovador, o loft é uma construção dos anos 70 que aparece em casas e apartamentos sem divisória entre os cômodos, nem divisões verticais ou horizontais entre os espaços.

tipos de imoveis Loft

Tipos de apartamentos

 

7. Apartamento padrão

Bastante comum em todo o Brasil, o apartamento possui uma planta bem definida e várias divisões internas com o número de cômodos ideais para famílias grandes ou pequenas.

tipos de imoveis apartamento padrao

8. Cobertura

De alto padrão, a cobertura é um tipo de apartamento localizado no topo do prédio que pode ter espaços de lazer ao ar livre e até piscina.

tipos de imoveis cobertura

Reprodução: Pinterest

9. Garden

Também conhecido como Giardino, o apartamento fica localizado no térreo e costuma ser de alto padrão, já que pode ter churrasqueira, forno à lenha e piscina com área arborizada.

tipos de imoveis garden

10. Kitnet

Bastante acessíveis, as kitnets são apartamentos pequenos com metragem de até 50 m² e um cômodo que integra quarto e cozinha.

tipos de imoveis kitnet

Reprodução: Pinterest

11. Flat

Também conhecido como apart-hotel, o flat é caracterizado por oferecer serviços de hotelaria: limpeza, alimentação e refeitório.

tipos de imoveis apart hotel

12. Studio

Assim como no soft, os studios não possuem muitas divisórias. Nos modelos mobiliados, a decoração costuma ser bastante arrojada e moderna, inspirada nos galpões comerciais e industriais.

tipos de imoveis Studio

13. Duplex ou Triplex

Quando um apartamento tem dois andares, ele é chamado de duplex. Já com três andares, ele se chama triplex. Além de espaçoso, este apartamento sofisticado costuma ter escada ou algum tipo de ligação interna.

tipos de imoveis triplex

Tipos de imóveis comerciais

 

14. Lojas

As lojas são bastante populares em diversos tipos de comércio, podendo estar localizadas em ruas, shoppings e galerias. Elas costumam apresentar espaço para mercadorias e funcionários.

tipos de imoveis comerciais loja

15. Salas

Muito comum em edifícios comerciais dos mais variados ramos, as salas são imóveis com estrutura simples ou sofisticada e com banheiro. O ambiente pode ser utilizado como escritório, consultório ou ponto de venda.

tipos de imoveis comerciais sala

16. Galpão

São edifícios comerciais simples e grandes, destinados para armazenar mercadorias de todos os tipos. O galpão é caracterizado por ficar em locais de fácil acesso, em áreas mais afastadas da cidade.

tipos de imoveis comerciais galpao

Cada uma dessas nomenclaturas é destinada para um público específico. Por isso, é necessário conhecer com o corretor ou a imobiliária os mais variados tipos de imóveis, levando sempre em conta a opção que melhor combina com as suas necessidades. Assim, você mora em um local que sempre sonhou e com total conforto.

Postado por <brasilbrokers>
27 ago

Deixar um ambiente com uma cara nova por meio de uma decoração diferente é sempre renovador. O problema é que nem sempre temos o dinheiro necessário para isso. Mas a cozinha é um ambiente da casa que merece muita atenção, pois é onde costumamos reunir toda a família para degustar boas refeições. Pensando nisso e também na questão financeira, a Brasil Brokers selecionou algumas dicas de como decorar uma cozinha sem gastar muito.

Confira algumas maneiras simples, porém, que fazem a diferença para levantar o astral da sua cozinha.

1 – Aposte na marcenaria

Descubra como decorar uma cozinha com madeira

 

 

 

 

 

 

 

 

Para quem quer mudar o visual da cozinha gastando pouco, os trabalhos com madeira podem ser uma ótima pedida. O material é de baixo custo, e somando isso com o trabalho de um marceneiro qualificado, o resultado será impressionante. Os acabamentos simples dos materiais de madeira combinam muito com um ambiente como a cozinha.

2 – Mude as cores dos móveis

Deixe a sua cozinha colorida

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mudar as cores dos móveis da sua cozinha ajuda muito na decoração. Isso você mesmo pode fazer sem gastar com um profissional. Deixe a inspiração falar mais alto, escolha cores que goste e que caiam bem com o ambiente. Os armários, cortinas, mesas, entre outros móveis podem entrar na dança e ser coloridos da forma que você achar melhor.

3 – Inove com um papel de parede

Aposte no papel de parede.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se quiser mudar a cara da sua cozinha, mas não tem muito tempo para trabalhar na pintura, invista no papel de parede. São vários estilos e modelos, desde os mais rústicos até os mais modernos. Abuse da criatividade e surpreenda os seus convidados. Simples, barato e diferente.

4 – Horta em vasos tem ótimas vantagens

Coloque vasos com temperos para adicionar frescor na decoração de sua cozinha.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A ideia de cultivar uma pequena horta dentro da sua cozinha, além de barata, é muito útil. Vasos coloridos, sementes do seu interesse, um pouco de terra e alguns cuidados são os ingredientes para esse tipo de decoração. A sua horta não vai só enfeitar o ambiente, mas também servirá como um ótimo recurso culinário. Você poderá contar com ótimos temperos bem pertinho para melhorar ainda mais aquele almoço de domingo ou aquela boquinha rápida na correria do dia a dia.

5 – Deixe os utensílios à mostra

Deixe os utensílios à mostra

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixar os utensílios à mostra, desde que organizados, é uma forma com custo zero de decorar a sua cozinha. Está se tornando cada vez mais comum essa prática. Aposte nos ganchos e nas prateleiras, pois, assim, você mantém tudo em seu devido lugar, mas com um toque diferenciado.

6 – Decore as paredes com azulejo

Decore uma cozinha com azulejos

 

 

 

 

 

 

 

 

Os pequenos azulejos colocados na parede mudam totalmente a cara da sua cozinha. É algo barato e que realça muito o potencial do local. A mescla de cores entre eles combina bastante com a cozinha e não deixa o ambiente ficar com um aspecto cansativo e comum.

7 – Inove com a parede de lousa

A parede-lousa é um bom exemplo de como decorar uma cozinha com criatividade.

 

 

 

 

 

 

 

 

A parede de lousa é uma excelente ideia de decoração barata para a sua cozinha. Neste objeto, é possível fazer de tudo. Caso alguém tenha um dom para desenhos, vale a pena enfeitar o ambiente com uma bela arte de giz. Pode-se também deixar a critério das crianças para trazer aquele tom mais família. Além de tudo isso, é possível também usar a parede de lousa como uma lista de recados importantes.

Um ponto interessante de decorar gastando pouco é que você consegue deixar a sua imaginação guiar todo o processo. Agora que demos algumas ideias de como decorar uma cozinha sem gastar muito, visualize um novo ambiente para a sua família e coloque isso em prática. Mudar faz bem, mas inovar é ainda melhor.

Postado por <brasilbrokers>
23 ago

O quarto é um dos locais mais queridos e utilizados pela família. Por isso, é necessário que ele tenha uma decoração especial, como cores agradáveis e móveis que nos ajudem a relaxar. Uma decoração para quarto bem escolhida  faz toda a  diferença na hora de organizar, dar beleza e deixar o cômodo ainda mais acolhedor.

Cômodos pequenos são bastante comuns em casas e apartamentos. Apesar do tamanho reduzido, existem muitas artimanhas capazes de superar esse problema, fazendo com que o aposento pareça um pouco maior. Conheça sete dicas de decoração para quarto que o blog da Brasil Brokers tem para deixar eles mais charmosos e com espaço.

 

1. Espelhos

Utilizar o espelho, seja fixado na parede ou no guarda-roupa, é um truque bastante utilizado por arquitetos para ganhar espaço. Ao refletir o que está à sua volta, ele dá uma noção de amplitude, criando uma sensação visual de que o quarto é maior.

Use espelhos na decoração de quartos pequenos

2. Prateleiras

As paredes são um excelente espaço para a decoração da casa. No quarto, você pode utilizar prateleiras para livros e até objetos de decoração, como artesanato ou itens pessoais. Os nichos na parede deixam o ambiente pequeno mais organizado, prático e funcional, com tudo ao alcance das suas mãos.

Aproveite melhor o espaço usando prateleiras.

3. Beliche

Se mais de uma pessoa vai utilizar esse cômodo, o beliche traz mais espaço para outros móveis. Essa opção fica muito bacana no quarto das crianças e há belas alternativas disponíveis no mercado, com escadas e cores diferenciais. Ao escolher, alie a criatividade ao conforto dos seus filhos.

A decoração para quarto partilhado fica muito melhor com beliches, ao invés de duas camas.

4. Cores neutras

Ao contrário dos tons escuros, as cores neutras criam a sensação de que o cômodo é maior. Utilize o branco em roupas de cama, travesseiros, almofadas e, se possível, até nos móveis. Outra sugestão é usar uma paleta de tons creme – eles são modernos e dão um toque de elegância ao quarto.

Realizar uma decoração para quarto com cores neutras é uma opção assertiva.

5. Iluminação

Assim como nos outros ambientes da casa, a iluminação tem um papel fundamental na decoração. No quarto, você pode utilizá-la da maneira que preferir, seja para realçar objetos ou disfarçar imperfeições no teto, por exemplo. Posicionados no local certo, os pontos de luz podem criar a ilusão de que o espaço é bem maior. Use e abuse da iluminação natural, uma grande aliada da arquitetura e do nosso corpo.

Use a iluminação ao seu favor

6. Móveis adequados

Investir em móveis confortáveis para a família é algo que deve ter uma atenção especial. Seja no quarto do casal ou dos filhos, utilize pufes e almofadas de diferentes tamanhos, onde é possível relaxar e curtir o momento. Cômodas e móveis planejados com várias gavetas também são muito bem-vindos.

Tenha cuidado com a proporção dos móveis escolhidos

7. Não acumule bagunça

Com a correria do dia a dia, é normal deixarmos o quarto bagunçado algumas vezes. Entretanto, a bagunça pode ser uma vilã quando o assunto é quarto pequeno. Tente manter o guarda roupa organizado e as roupas, guardadas em seus devidos lugares. Você também pode contar com a ajuda de uma arara funcional onde você pendura diversas peças e consegue enxergá-las melhor.

Mantenha o seu quarto arrumado

Gostou das nossas dicas de decoração para quarto? Fique de olhos nas novidades do blog da Brasil Brokers!

Postado por <brasilbrokers>
07 ago

O segundo domingo de agosto pode ficar ainda mais especial com uma comemoração feita em família. Além de agradar o seu melhor amigo, você também pode chamar os parentes e outros amigos.

Assim, todos conseguem demonstrar o carinho por esses grandes homens que criam a próxima geração. Para despertar a sua criatividade, o blog da Brasil Brokers separou 10 ideias para comemorar o Dia dos Pais em casa. Conheça mais a seguir.

1. Distribuição de presentes

Deixe seu pai dormindo até mais tarde e, quando ele acordar, reúna a família para distribuir os presentes dele. Se for chamar os parentes, abra espaço para que outros filhos também façam essa atividade tão marcante e especial.

ideias para comemorar o dia dos pais em casa distribuição de presentes

2. Almoço

Durante o dia, monte uma mesa bonita e com os pratos preferidos do seu pai. Não esqueça de definir a refeição principal, que pode ser churrasco, feijoada, lasanha e até comida japonesa. Além disso, você pode fazer mais economia se dividir os ingredientes com os outros participantes da festa.

ideias para comemorar o dia dos pais em casa almoço

3. Pool Party

Apesar de agosto ser um mês frio, uma festa na piscina pode agradar muito em um dia quente. Confira na internet a previsão do tempo e veja se é viável o evento. Se sim, organize um grupo nas redes sociais, peça para trazerem roupa de banho e, se possível, comes e bebes.

ideias para comemorar o dia dos pais em casa pool party

4. Fogueira

Caso o dia esteja frio e não role uma pool party, espere até a noite e faça uma fogueira para reunir a família. Uma dica deliciosa é comprar marshmallows e outros quitutes para assar na brasa. Não esqueça de pegar um violão ou caixa de som para animar o clima do domingão.

ideias para comemorar o dia dos pais em casa fogueira

5. Show em casa

Se tiver um espaço grande em casa, organize uma apresentação ao vivo com uma banda cover de um estilo musical que seu pai goste. Além disso, alguns artistas de diversos estilos (rock, jazz e pagode) costumam cobrar preços bastante acessíveis em apresentações simples.

ideias para comemorar o dia dos pais em casa show em casa

6. Acampamento

Durante a virada do sábado para o domingo, monte uma barraca no quintal de casa para admirar as estrelas e a lua. Para não passar frio, monte um espaço confortável e quentinho para os integrantes da família. Algumas barracas têm espaço para até seis pessoas.

ideias para comemorar o dia dos pais em casa acampamento

7. Apresentação de fotos

Exibir fotos em um telão não é uma coisa que acontece só em casamentos. Por isso, selecione fotografias de infância, do casamento e de outras fases que tenham marcado a vida do seu pai. Você também pode fazer um vídeo criativo e com uma trilha sonora que seu paizão adora.

Comemorar o dia dos pais em casa fotos

8. Jantar

Se você prefere um evento mais íntimo e apenas com os integrantes da família, vale montar um jantar delicioso com os pratos prediletos do papai. Comece os preparativos durante a tarde e chame a casa toda para pôr a mão na massa.

ideias para comemorar o dia dos pais em casa jantar

9. Maratona de séries e filmes

Qual é a a programação favorita do seu pai? Monte um lugar especial e confortável para ele curtir as séries e filmes preferidos dele em casa. Não esqueça de fazer uma deliciosa pipoca na manteiga, hein?

ideias para comemorar o dia dos pais em casa maratona de séries

10. Jogos

Os jogos são ótimas maneiras de divertir pessoas de todas as idades. Você pode apostar nos de tabuleiro, como Banco Imobiliário, War, Jogo da Vida e Dobble, além de opções online de diversos gêneros, como terror, aventura, desenho e muito mais!

ideias para comemorar o dia dos pais em casa jogos

No blog da Brasil Brokers, você encontra uma série de dicas para organizar, decorar e levar mais conforto para a sua casa. Não deixe de conferir o nosso site, onde você encontra diversas opções de imóveis para encontrar a casa própria e sair do aluguel. Aproveite nossas oportunidades!