Blog da Brasil Brokers - Tudo sobre imóveis, arquitetura e decoração

Postado por <brasilbrokers>
12 fev

A sala de jantar é o cartão-postal de qualquer residência. Decorar esse cômodo é uma grande oportunidade de chamar a atenção das visitas, montando um ambiente moderno e sotisticado!

Sala de jantar moderna com cadeiras estofadas e mesa preparada para refeição

Quer decorar a sua sala de jantar, mas não sabe por onde começar? Preste atenção nas dicas desse post e nos exemplos usados que vão te inspirar a decorar esse ambiente, que é tão importante para receber visitas, em momentos especiais no seu lar, como em jantares românticos ou com a família!

sala de estar com quatro cadeiras estofadas e mesa de madeira

1. Pense em acomodar as suas visitas!

Você costuma receber visitas com frequência? Se sim, saiba que a sala de jantar deve ser apropriada para receber as pessoas. Os visitantes costumam sempre ficar em lugares como a sala de jantar ou de estar, por isso, antes de definir a decoração, pense se você recebe visitas com frequência em sua casa.

A mesa da sala, por exemplo, deve possuir uma estrutura com seis cadeiras ou mais, pois esses tipos, são os melhores para essas ocasiões. O exemplo abaixo ilustra muito bem isso: uma mesa que acomoda muito bem oito pessoas, pois possui uma proporção adequada, ideal para receber parentes e amigos.

Imagem de uma mesa de madeira tirada de cima, com muita comida e muitas pessoas em volta

2. Invista em cores claras

As principais tendências de cores para decoração da sala de jantar, é apostar em tons claros ou pastéis. As cores claras ajudam a aumentar a percepção de proporção em qualquer cômodo, além disso, ficam super sofisticadas na decoração.

Investir em cores claras na sala de jantar é um dos primeiros passos para uma decoração moderna. No exemplo abaixo, é possível observar que as cores mais claras com apenas alguns tons marcados, construíram um espaço bastante receptivo e atual.

sala composta por elementos com cores claras

3. Use a técnica do espelho!

Geralmente espelhos são usados em cômodos para aumentar a percepção de tamanho do ambiente e combinam muito bem na sala de jantar para criar uma atmosfera moderna no espaço mas, além disso, para refletir a luz — tanto a natural quanto a elétrica.

Quando estiver decorando sua sala de jantar, pense em incluir um ou mais espelhos nas paredes. Esse é um truque simples, mas que funciona muito bem e acrescenta sofisticação para o espaço.

Espelho ao fundo contribuindo para a estética da sala

4. Não atrapalhe a luz natural

Assim com os espelhos e as cores claras, a luz natural ajuda a aumentar a percepção de espaço. Além disso, manter uma sala de jantar bem iluminada durante o dia, é um ótimo passo para economizar energia elétrica.

Ao montar a decoração da sua sala, não coloque nenhum obstáculo na janela que atrapalhe a luz do dia, pois os benefícios a longo e a curto prazo são bastante satisfatórios!

O projeto abaixo é um exemplo do quanto a iluminação do dia ajuda na percepção do espaço e, inclusive, realça as cores do ambiente!

Móveis organizados em uma posição que não impede a entrada de luz natural

5. Decore as paredes!

Decorar as paredes é uma ótima alternativa, tanto para quem tem mais quanto para quem tem menos espaço disponível na sala de jantar. Os quadros e os acessórios que podem ser pendurados na parede, ajudam a dar destaque e a enfeitar o ambiente.

No exemplo abaixo, os quadros possuem tons marcantes, que se contrastam com a cor clara da parede, dando destaque e complementando a decoração com o uso da mesa de seis cadeiras.

Ao planejar a decoração da sua sala, não deixe de incluir quadros e outros enfeites de parede para caracterizar e estilizar ainda mais o seu espaço!

Sala com quadros na parade

6. Aposte na iluminação!

A iluminação em salas de jantar é um fator indispensável no planejamento da decoração. Você pode iluminar com lustres, lâmpadas embutidas ou personalizadas. No exemplo abaixo, vemos que a iluminação realça todos os elementos do ambiente: as cores das paredes, a mesa da sala e os demais itens decorativos.

Aposte na iluminação da sua sala, pois luzes bem posicionadas e com cores quentes (ou mesmo frias) podem fazer toda a diferença na percepção do ambiente, tornando-o mais acolhedor e moderno.

Sala de jantar moderna com iluminação embutida no teto

7. Destaque alguma parte, acessório ou elemento de decoração!

Geralmente, as salas de jantar possuem um ponto de destaque que pode ser um móvel, uma parede ou um acessório. Na imagem abaixo, vemos claramente que o lustre é o maior destaque da sala, combinando perfeitamente com as cores da mesa e das paredes.

Caso você não queira incluir um lustre na sua decoração, pode optar por uma parede com uma cor mais vibrante, ou por uma mesa que possua cores mais marcantes. Vale usar a criatividade e inventar algo que se destaque e que chame a atenção no espaço.

Lustre moderno combinando com a mesa de jantar

8. Coloque itens decorativos por cima da mesa!

Colocar sob a mesa itens decorativos, como esse lindo vaso de flores no exemplo abaixo, podem auxiliar na decoração da sua sala e fazer toda a diferença, principalmente se você não possui um lustre sob a mesa. A mesa de madeira que possui um estilo mais rústico e simples, ficou com uma aparência bastante diferente com um simples vaso de flores transparente.

Você pode usar flores ou então o tradicional cesto de frutas no centro e ainda itens decorativos com formatos abstratos! Esses acessórios são ótimos para enfeitar e acrescentar ainda mais estilo à sua decoração.

Vaso de flores por cima da mesa na sala de jantar.

9. Decore com seu estilo e use as suas referências!

A decoração também é uma expressão do seu estilo, por isso, quando estiver decorando pense em expor os seus gostos pessoais na escolha de itens decorativos, no formato da mesa e com o uso de cores marcantes e vibrantes.

O exemplo abaixo ilustra isso muito bem, pois quando você observa essa sala de jantar consegue perceber as conexões com a natureza, observando a escolha do verde claro e a presença da planta no canto da sala.

Sala de jantar verde com mesa branca, cadeiras com as duas cores e parede verde

Então, gostou das dicas? Então não deixe de ler mais dicas e outros conselhos sobre decoração no blog da Brasil Brokers. Confira os melhores artigos e inspire-se na decoração do seu lar!

Postado por <brasilbrokers>
12 fev

Fazer um bazar em casa pode ser uma boa ideia para você abrir um bom espaço em diversos armários e cômodos

Bazar com roupas montado na garagem

Quem nunca passou dos limites e acumulou móveis, peças de decoração ou roupas em bom estado que não serão utilizados novamente? Em tempos de liquidação, um dos erros mais comuns é adquirir itens dos quais não precisamos e acumulá-los em nossas casas até que não haja mais espaço algum. Para lhe salvar nesse momento, montar um bazar em casa pode ser a oportunidade perfeita para você repassar os objetos que possui e ainda descolar um dinheirinho extra.

Para lhe ajudar a colocar essa ideia em prática, fizemos um guia básico com 7 passos para lhe mostrar como montar um bazar em casa e arrasar nas vendas sem gastar muito para isso.

1.Considere se você possui o espaço necessário para as vendas

Mulher sentada em um sofá montando um planejamento

Quem monta um bazar em casa geralmente o faz na garagem, especialmente para evitar que desconhecidos entrem na sua casa. Por isso, caso você também queira deixar as coisas à venda do lado de fora, é necessário avaliar se a sua garagem tem o espaço hábil para você expor os objetos, sem que fique desconfortável para as pessoas circularem e conferirem as opções. Lembre-se que ambientes apertados tendem a repelir os compradores.

2.Avalie as peças, móveis e outros itens que estão guardados há muito tempo

Caixas de papelão separadas

Nesse processo, é necessário exercitar um pouco o desapego e manter em mente que se passamos meses e até anos sem usar algo — independentemente do que for — geralmente não iremos utilizar esses objetos no futuro. Sendo assim, tenha o devido cuidado para evitar se apegar a objetos que serão esquecidos novamente.

Além disso, separe os itens em bom estado. Objetos mal conservados podem espantar os clientes e atrapalhar as suas vendas.

3.Pense na forma que irá expor os produtos

Vários modelos de roupa dispostas em cabides

Após separar os itens que você pretende vender, é importante pensar na forma que irá expô-los, afinal, a apresentação é um dos principais fatores que atraem um comprador em potencial.

Se você deseja vender roupas, por exemplo, considere expô-las em uma arara – caso tenha uma ou conheça alguém que possa emprestar. Se não for possível, reserve uma mesa ou aparador amplo para expor as peças dobradas de forma organizada.

Ao expor móveis, evite deixá-los amontoados, especialmente para evitar possíveis danos. Caso tenha coisas demais para vender, considere realizar o bazar uma segunda vez, ao invés de inserir todos os itens no mesmo lugar de uma só vez.

4.Limpe os itens que serão vendidos

Pessoa limpando móveis com pano

Móveis empoeirados e roupas malcheirosas podem ser uma das razões dos compradores desistirem de comprar algo em seu bazar. Por isso, antes de realizá-lo, é importantíssimo deixar cada um dos itens limpos e organizados para torná-los ainda mais atraentes e oferecer uma boa imagem aos compradores.

5.Determine preços coerentes para cada item

produtos no bazar com preço em cima

Ao determinar os preços para cada peça, lembre-se de manter uma certa coerência em relação ao estado de conservação, à marca (especialmente no caso de sapatos, acessórios e roupas), aos materiais utilizados na produção e à função que possui.

Mesmo que você queira obter o máximo de dinheiro em seu bazar em casa, preços elevados tendem a prejudicar as vendas e você poderá terminar não vendendo tanto o quanto gostaria.

6.Divulgue a data e o horário em que seu bazar será realizado

mulher digitando no computador

Divulgar o seu bazar é um passo fundamental para atrair pessoas e vender muito mais. Dentre as formas que você pode realizar essa tarefa, a mais fácil é utilizar as redes sociais — criar um evento no facebook, por exemplo, pode ser uma boa opção. Distribuir panfletos para os moradores da região ou, ainda, colocar uma placa no portão de sua casa com o dia e o horário que o bazar irá acontecer é uma maneira de alcançar os vizinhos.

7. Antes de abrir o bazar, tome algumas precauções

pessoa destrancando a porta com chave

Arrumou todos os itens e está pronto para vender as peças? Lembre-se de ficar atento aos compradores e preferencialmente deixe a sua casa fechada, a fim de evitar algumas situações que podem ser potencialmente desagradáveis.

Dicas extras para o seu bazar em casa

Panelas, vasos e bules enfileirados em uma mesa de madeira

– Tente criar uma atmosfera acolhedora: uma boa forma de incentivar a presença do comprador é separar um canto para colocar água, café e alguns biscoitos, assim ele poderá se sentir confortável para ficar no local por mais tempo e continuar olhando os produtos disponíveis.

– Aproveite a oportunidade para desapegar: no seu bazar você pode vender móveis, roupas, acessórios, sapatos, pratos, taças, discos, eletrônicos, livros… Seja criativo e não tenha medo de desapegar de itens que não farão falta no futuro.

– Separe troco antes de iniciar as vendas: assim você evita ter que sair para trocar o dinheiro ou correr o risco de perder uma venda.

– Deixe os preços claramente discriminados. Algumas pessoas são um pouco mais tímidas e podem se sentir repelidas a conferir os itens à venda caso tenham que perguntar o preço de cada peça individualmente.

– Explicite as formas de pagamento aceitas: fazer uma plaquinha indicando quais formas de pagamento você aceita (cartão, transferência bancária, dinheiro, etc.) é uma boa forma de evitar que compradores se frustrem ao não conseguirem realizar o pagamento do item que desejam.

Esperamos que as nossas dicas sobre como montar um bazar em casa lhe ajude a ter a melhor experiência possível e realizar boas vendas.

Para ter acesso a mais dicas para a sua casa – desde eventos à decoração – confira os demais posts do Blog da Brasil Brokers e inspire-se conosco!

Postado por <brasilbrokers>
12 fev

É possível otimizar os móveis e a decoração de uma kitnet para deixar o ambiente mais confortável, aconchegante e espaçoso

Casal sorrindo com um cachorro, sentados em um sofá

A decoração de kitnet pode tornar o espaço maior, mais aconchegante e confortável. Com a decoração certa, você pode otimizar o seu ambiente sem perder o estilo! Confira 10 dias para deixar a sua kitnet com mais espaço e ainda com uma decoração moderna!

Apartamento com móveis nos cantos

1. Aproveite cada espaço

Quando estamos falando da decoração de um ambiente com espaço reduzido, no caso da kitnet, cada espaço importa. Aproveitar os cantos da kitnet, ocupando com tudo aquilo que for realmente necessário para tarefas cotidianas, ou com os elementos de decoração, é extremamente necessário, além da organização, que deve ser impecável para garantir a correta disposição dos móveis no espaço.

Por isso, quando for comprar os móveis, pense em aproveitar ao máximo cada espaço do apartamento, como no exemplo abaixo, que tem um suporte para bicicleta na parede – serve para guardá-la e ainda funciona como elemento de decoração -, uma ideia supercriativa!

 Apartamento com espaços aproveitados

2. Procure escolher móveis menores

Móveis menores fazem toda a diferença na ocupação de espaços pequenos. Como a kitnet já possui um espaço bastante reduzido, a escolha de móveis menores é essencial.

Você pode substituir guarda-roupa, por exemplo, que geralmente ocupa um grande espaço no quarto, por uma cômoda mais compacta e prateleiras otimizadas nas paredes. Além de poupar espaço, você irá economizar bastante se optar por essa troca.

No exemplo abaixo, vemos uma linda mesa pequena que serve tanto como escrivaninha, quanto como mesa para refeições, um móvel pequeno que faz toda a diferença na decoração e otimiza o espaço da kitnet.

Apartamento com uma pequena mesa

3. Se possível, compre móveis multiúso

Como o próprio nome sugere, móveis multiúso podem servir para diversas funções e, além de poupar dinheiro, são essenciais em espaços reduzidos.

Na foto vemos o exemplo de um sofá-cama, que em uma kitnet pode servir muito bem como a cama do morador, mas também como um sofá, para receber visitas e amigos. É uma ótima sugestão para a decoração de kitnets!

Sofá cama multiuso

4. Não cubra a passagem de luz natural

A luz natural auxilia, entre outros fatores, a aumentar a ideia de dimensão do espaço, além de poupar energia elétrica durante o dia.

Geralmente, as kitnets possuem uma ou duas janelas, por isso, quando for decorar a sua kitnet, certifique-se de que nenhum móvel impedirá a passagem da luz natural.

No exemplo abaixo vemos um espaço reduzido que se amplia bastante com a iluminação natural.

Apartamento com distribuição de mobília tampando a entrada de luz natural

5. Use móveis como divisórias

Usar móveis como divisórias pode ser uma ótima saída para separar ambientes pequenos. No exemplo abaixo vemos que uma simples bancada conseguiu separar brilhantemente a sala de estar e a cozinha.

Você pode optar por bancadas ou estantes, e alguns modelos de estantes possuem, inclusive, uma parte de encaixe para televisão que gira 360º, ou seja, pode virar de um espaço para o outro. Algumas pessoas usam essa alternativa para dividir a sala de estar e o quarto, assim é possível assistir a mesma TV no sofá ou na cama, o que é uma ideia genial!

Móveis de madeira servindo de divisória entre cozinha e sala de tv

6. O dinheiro está curto? Então use cortinas!

Se o dinheiro estiver curto para dividir espaços com móveis, opte por cortinas! As que possuem uma barra de ferro são bastante estilosas e podem ser usadas para dividir o quarto da sala de estar ou da cozinha.

No exemplo abaixo vemos uma cortina que foi usada para separar a lavanderia da cozinha, aumentando a percepção de espaço da kitnet!

Cortina servindo de divisória entre a cozinha e outras áreas da casa

 

7. Faça combinações com os móveis!

Móveis que combinam podem se complementar na decoração, mas, mais do que isso, podem aumentar ainda mais a percepção de espaço de um lugar.

O exemplo abaixo é perfeito para ilustrar isso. Vemos que as cores dos móveis da cozinha e da sala de estar se complementam e combinam com as paredes. Isso foi essencial para garantir que o espaço pareça maior do que é de fato, além de proporcionar uma decoração mais harmoniosa e funcional.

Apartamento com móveis que combinam

8. Aposte nas cores claras e nos espelhos

As principais tendências de cores para kitnets são paletas mais claras, voltadas para o gelo, cinza, branco e os tons pastéis, como creme e azul claro. As cores claras auxiliam a aumentar a proporção dos espaços e ainda dão ao ambiente um tom de sofisticação e modernidade.

Outro herói dos espaços pequenos são os espelhos, que quase sempre são usados em decorações para aumentar a ideia de proporção dos ambientes. Usar espelhos fixados nas paredes é uma ótima opção para kitnets.

Se você gosta de cores marcantes, pode optar por alguns detalhes que possuam cores mais fortes, como no exemplo abaixo, em que na decoração aparecem pequenos elementos com um tom de azul mais forte e marcante.

Distribuição de móveis de uma forma que valoriza a posição do espelho. Cores claras que também contribuem para essa combinação

9. Use e abuse de objetos na parede!

Como nas kitnets o espaço no chão é bastante reduzido, utilizar decorações nas paredes é uma alternativa bastante interessante. Quadros pendurados podem dar ao ambiente um ar de sofisticação e marcar as paredes claras com tons mais fortes.

No exemplo abaixo podemos observar que o quadro contrasta com a parede e se destaca bastante na decoração, tornando o ambiente mais moderno e envolvente!

Apartamento com cores claras e um quadro pendurado na parede

10. Pense em adquirir móveis planejados

Se, mesmo com essas dicas, você tiver certa dificuldade para planejar a sua kitnet, opte por contratar uma empresa especializada em móveis planejados, que conseguirá otimizar o seu espaço da forma mais profissional possível!

Móveis planejados são mais caros que os convencionais, mas em compensação possuem um ótimo custo-benefício, como no exemplo abaixo, onde todo o espaço foi otimizado para melhor disposição dos móveis, com o aproveitamento do teto alto para a implementação de prateleiras, que servem de apoio para livros!

Apartamento com móveis planejados

 

As dicas te ajudaram? Então, não deixe de ler mais dicas de decoração, moradia e outros temas.

Leia os artigos da Brasil Brokers. Aqui, você pode se inspirar para decorar o seu espaço do seu jeito! Confira!

Postado por <brasilbrokers>
12 fev

A escolha entre alugar ou comprar imóvel é uma dúvida que surge na cabeça de muitos no momento de mudar de casa ou apartamento. Para ajudar nessa decisão, a Brasil Brokers traçou perfis para lhe ajudar a realizar a melhor escolha nesse momento

conjunto de utensílios que você precisa para decidir entre alugar ou comprar imóvel: caneta, óculos, papel e o dinheiro disponível

Na dúvida entre alugar ou comprar imóvel, muitos tentam definir qual é a melhor escolha baseando-se nas preferências e nos conselhos de amigos ou família. O fato é que o caminho para a melhor decisão leva em conta diversos fatores da vida da pessoa que deseja mudar de imóvel, como situação financeira e objetivos pessoais, além de diversas outras características que vão muito além de ideias preconcebidas sobre cada escolha.

Para lhe ajudar a decidir se é melhor alugar ou comprar imóvel, de acordo com o seu momento de vida atual, traçamos perfis que tendem a estar mais adequados a cada uma dessas escolhas. Conheça mais sobre cada um deles.

 

Perfis para os quais comprar um imóvel pode ser a melhor escolha

Família composta por pai, mãe e bebê de colo visitando imóvel para comprar
 

1.Casais ou pessoas com filhos e/ou família grande

Quanto mais pessoas moram em uma casa ou apartamento, mais cansativo se torna o processo de mudança, especialmente se a família também for composta por crianças e/ou idosos. Por isso, um aluguel pode não ser a melhor escolha nesse caso, já que proporciona uma instabilidade que pode ser bastante inconveniente para os membros, tornando a compra uma escolha mais adequada.
 

2.Pessoas com todo – ou quase todo – dinheiro necessário para a compra do imóvel

O financiamento pode ser um compromisso bastante arriscado, especialmente para pessoas que realizam o pagamento do imóvel sozinhas. No entanto, quando se tem todo ou quase todo o dinheiro necessário para a compra, optar pela aquisição pode ser uma boa decisão quando se tem como desejo a posse de um imóvel próprio.
 

3.Famílias compostas por pelo menos duas pessoas que seriam responsáveis pelo pagamento do imóvel

A estabilidade em um emprego é um mito, apesar de ser um ideal almejado por muitos. Por isso, a decisão de comprar um imóvel e se comprometer com o pagamento integral do valor financiado sem ter o suporte de outra pessoa pode ser uma decisão bastante arriscada. Sendo assim, a compra de um imóvel se torna mais viável e confortável quando se pode contar com a divisão da responsabilidade do pagamento com outra pessoa.

 

Perfis para os quais alugar um imóvel pode ser a melhor escolha

Menina jovem alegre com a mudança para a nova casa

1.Universitários

Durante a graduação, arcar com um financiamento pode ser uma decisão bastante arriscada, já que é uma fase em que não é comum continuar no mesmo emprego por muito tempo. Além disso, alugar um imóvel tende a ser a melhor escolha, visto que a graduação é uma fase de amadurecimento em que as preferências individuais passam por grandes transformações, possibilitando que um imóvel não seja mais adequado após um curto período de tempo.
 

2.Pessoas que moram sozinhas

Ao morar sozinho, alugar um imóvel tende a ser a escolha mais dinâmica e barata, possibilitando que a pessoa esteja de certa forma mais livre ao poder se mudar conforme as suas próprias preferências.

Além do mais, arcar com um financiamento integralmente é um grande risco, especialmente quando não se tem o amparo financeiro de terceiros para ajudar nessa tarefa, especialmente no caso de uma demissão, por exemplo.
 

3.Pessoas que preferem uma vida dinâmica

Comprar uma casa, de certa forma, torna o indivíduo enraizado em um lugar, o que é uma ideia que tende a se tornar aterrorizante para pessoas que preferem uma vida mais dinâmica, mudando de imóvel conforme os desejos e as necessidades também mudam. Caso você se encaixe nesse perfil, talvez a melhor escolha seja alugar imóveis, e não adquirir um imóvel em um primeiro momento.

Se identificou com algum dos perfis acima? Esperamos que essas dicas tenham ajudado você a decidir qual é a melhor escolha para o seu futuro. Seja como for, conte com a Brasil Brokers para lhe ajudar a alugar ou comprar o imóvel certo para você.

Postado por <brasilbrokers>
12 fev

Para lhe ajudar a atualizar o visual da decoração da sua casa de acordo com as tendências de móveis 2019, a Brasil Brokers separou as 5 principais para você conferir e renovar ambientes sem graça

Anualmente, as tendências de móveis são renovadas para seguir as novas energias e inovações do mundo da moda que acompanham o ano que entra. Com isso, renovar o visual de sua casa de acordo com as novas tendências é uma ótima escolha para atualizar a decoração e deixar cada cômodo simplesmente um arraso.

Para lhe ajudar a arrancar elogios e surpreender quem visita a sua casa com uma boa dose de estilo e inovação, confira cinco tendências de móveis que separamos para você.

 

1. Móveis com a cor Living Coral, a cor de 2019

 

Sofá, Abajur, piso e parede em cores harmônicas no estilo Living Coral

Living Coral é o nome da cor escolhida como a cor Pantone 2019, e ela é simplesmente um arraso. Com a sua coloração rosa-alaranjada, que remete à tonalidade do salmão, traz uma dose de ânimo e estilo para qualquer ambiente, em especial os predominantemente brancos.

 

2. Móveis com tons terrosos

Móveis alocados em uma sala com cores harmônicas no tom terroso

Outra forma de trabalhar as tendências de cores que estão bombando no mundo da decoração de interiores em 2019 é utilizar tons terrosos na decoração de um ou mais ambientes da sua casa, especialmente naqueles cujo principal objetivo é proporcionar a sensação de aconchego, como o quarto.

 

3. Móveis com design influenciado pelo Art Déco

jogo de sofá e almofadas no estilo Art Déco

As influências de design do icônico Art Déco estão de volta em 2019 e são a pedida perfeita para ambientes sem graça, que pedem uma nova dose de estilo, mesmo que seja através da adição de objetos de decoração, como vasos e almofadas.

 

4. Mobília com traços predominantemente arredondados

Mobílias com mesas e cadeiras realçando o estilo arredondado

Composições visuais suaves e repletas de fluidez estão em alta em 2019 e, com elas, os objetos de decoração com design arredondado ganham destaque em meio às tendências, trazendo um ar moderno ao ambiente em que são inseridos.

 

5. Peças que contrastam

Contraste entre as mobílias. A cor verde com o tom forte de madeira ganhando destaque em relação ao quadro e à parede, ambos com cores predominantemente brancas

Uma das tendências de móveis mais chamativas e, ao mesmo tempo, mais fáceis de seguir é a de elaborar uma composição visual em que o contraste se dá em pequenos detalhes, como vasinhos com plantas e abajures coloridos. Dessa forma, é possível atualizar ambientes com um visual minimalista.

Gostou das tendências? Para descobrir ainda mais sobre decoração de interiores e atualizar o visual da sua casa com uma dose ainda maior de estilo, conte com as dicas da Brasil Brokers.