Escolha a Cidade:

Voltar para home.
Postado por <brasilbrokersoficial>
23 out

A criança virou adolescente e reclama da decoração infantil do quarto, o filho casou e o ambiente dele na casa pede uma reforma ou você não aguenta mais olhar para os móveis e os objetos do lugar onde dorme. Chega um dia que todo mundo, por menos exigente que seja, deseja mudar tudo dentro do quarto.

Quando você, de fato, resolve reformar esse espaço da casa e se depara com as inúmeras possibilidades percebe que vai ser difícil o momento da escolha. São várias opções de revestimento, cores, móveis…

 

Sendo assim, para te ajudar nesse momento difícil, pedimos ao arquiteto Fabrício Forg, da FFor Design, que desse algumas dicas para que seu quarto fique bonito, harmonioso e confortável.

Tendências de revestimentos
A Casa Cor mostrou que a madeira continua firme e forte – seja nos móveis ou nas paredes e piso. O uso da madeira na decoração, que já vinha sendo previsto como tendência há alguns anos, em 2012 se consagrou. A única diferença para este momento é que os tons mais claros ou com veios marcantes são os mais adequados, diferente dos anos anteriores onde o tingimento dos veios estava em moda – caso do tom denominado “tabaco”. Em tempos onde a cena externa é marcada pela poluição visual, nada mais correto que trazer o aconchego da natureza para dentro de nossa casa. Sendo assim, a regra de usar e abusar da madeira – com cara de mais natural possível – está valendo para todas as  superfícies de uma casa.

Nota: vale ressaltar que as lacas ainda estão em moda, mas se a ideia é seguir a tendência da decoração, melhor mesclar cores fortes com os tons de bege e caramelos das madeiras naturais como freijó, carvalho, tauari e outras.

Vantagens da madeira
Além de um visual mais aconchegante na decoração, o uso da madeira nos móveis e nas paredes possui fácil manutenção, obtida a partir de produtos para polimento disponíveis em qualquer supermercado. Outro fator importante é o custo. No caso do uso em móveis, optar por uma peça em madeira natural, na maioria das vezes, sai mais barato que a laca. Já no caso das paredes, dependendo do revestimento ou do acabamento escolhido, a madeira pode sair mais cara, problema este que poderá ser resolvido com o uso de papéis de parede que imitam perfeitamente a madeira natural.

Tonalidades fortes: Vale a pena apostar nelas
O uso de cores fortes na decoração dos quartos hoje é bem-vindo, principalmente para os que possuem personalidade marcante ou querem ousar neste espaço mais íntimo da casa. Para quartos pequenos, prefiro tons fortes na cabeceira ou em detalhes na roupa de cama, ou até mesmo em uma peça diferenciada como uma mesa de cabeceira ou poltrona. Se quiser um padrão único melhor optar por tinta. Para os que desejam estampas, papéis de parede são indicados, até porque sua troca é bem simples, e seu uso pode dar um charme todo especial a uma decoração sisuda e sem graça.

Móveis em linhas retas e tendências para camas e guarda-roupas
As linhas retas ainda são as mais utilizadas, até porque combinam melhor com toda sorte de estampas ou detalhes decorativos utilizados no quarto. No entanto, diversas empresas para o público AAA já colocaram em sua linha de produtos móveis com detalhes mais rebuscados, como molduras aplicadas ou mesmo detalhes com estofamento em tecido, especialmente para cabeceiras de camas. Ainda em se tratando de linhas para móveis de quarto, é super correto usar neste ambiente mesas de cabeceiras, cômodas ou cadeiras que são heranças de família, na maioria das vezes com linhas mais rebuscadas. Para casos como este, combinar estas peças com móveis em linhas mais retas garantirá a exclusividade da mobília mais preferida.

Em dicas para o lar
, , , ,

Comentário: Nenhum comentário

Deixe seu recado