Escolha a Cidade:

Voltar para home.
Postado por <brasilbrokersoficial>
11 abr

Você certamente já ouviu falar do FGTS, mas você sabe como utilizá-lo? O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço pode ser resgatado em diferentes situações, de acordo com as regras existentes para utilização do benefício. Basicamente pode ser usado de 4 maneiras, em se tratando de imóveis residenciais: para dar entrada na compra de um novo ou usado, para amortizar a dívida, zerar o saldo devedor ou pagar parte de cada parcela do financiamento, operação conhecida como abatimento.

Poucas pessoas sabem que o beneficio do FGTS pode ser intermediado por diversos bancos. O HSBC por exemplo, parceiro da Brasil Brokers para crédito imobiliário, também é um grande parceiro nas operações em que os clientes utilizem o FGTS como forma de entrada em um imóvel – seja ele novo ou usado -, e para quitar ou abater uma dívida de financiamento. Para usar o beneficio o cliente não precisa se preocupar com a transação entre a Caixa Econômica Federal, na qual o Fundo é depositado, e o banco, pois essa transação é feita internamente entre as instituições financeiras.

© Oliver Eltinger/Corbis

Confira abaixo algumas das principais regras e como você pode sacar o FGTS para a compra de um imóvel:

– O recurso tem de ser aplicado na aquisição de um imóvel exclusivamente residencial

– Para a aquisição de um imóvel na planta, o beneficiário pode usar o FGTS para dar entrada. O mais correto seria primeiramente acordar com a construtora que parte do pagamento da unidade que se está comprando será paga com FGTS. Em seguida, comunique o banco com o qual pretende realizar o financiamento e deixe que ele se incumbirá de solicitar a documentação necessária à você e a baixa do valor da conta vinculada do FGTS para efetuar o repasse à construtora.

– Junção de benefícios do FGTS entre familiares. É muito comum a família querer juntar as rendas para a compra do imóvel. De acordo com as regras do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) isso é possível, mas o imóvel sairá no nome de todas as pessoas beneficiadas.

– É necessário ter contribuído por ao menos três anos para o Fundo, mesmo que não sejam consecutivos;

– O imóvel não deve custar mais de R$ 500 mil e ter valor de financiamento superior a R$ 450.000,00;

– O comprador não pode ter nenhum financiamento ativo no Sistema Financeiro de Habitação (SFH) nem ser dono de outro imóvel, concluído ou em construção;

– O dinheiro tem de ser usado num imóvel na cidade em que comprador mora, ou exerça sua ocupação principal.

 Para maiores explicações, seguem os telefones da Central de atendimento do HSBC.

 Capitais e Região Metropolitana 3003-2272

  Demais localidades 0800-721-2272

 

Em dicas para o lar
, , ,

Comentário: Nenhum comentário

Deixe seu recado