Escolha a Cidade:

Voltar para home.
Postado por <brasilbrokersoficial>
04 mar

A famosa mansão de Palm Island, em Miami (EUA), onde residiu Alphonsus Gabriel Capone, mais conhecido como Al Capone, está à venda. A residência do conhecido gangster, com quase mil metros quadrados, está avaliada em US$ 8,5 milhões, cerca de R$ 20 milhões. O atual proprietário adquiriu a casa há pouco mais de seis meses por R$ 17,6 milhões (US$ 7,4 milhões), de acordo com registros da propriedade.

Vista da piscina da mansão. Imagem: One Sotheby's International Realty/Handout/Reuters

Vista da piscina da mansão. Imagem: One Sotheby’s International Realty/Handout/Reuters

A mansão foi erguida em 1922 e comprada por Al Capone em 1928 por US$ 40 mil depois de ter sido expulso de Chicago, e mais tarde de Los Angeles, por conta das operações de contrabando e venda de bebidas alcoólicas, entre outras atividades ilegais, durante a Lei Seca que vigorou nos Estados Unidos nas décadas de 20 e 30. A luxuosa casa tem de dois andares, sete quartos, cinco banheiros, fachada de arquitetura espanhola e clássica, possui também casa para hóspedes e praia particular.

Visão da sala de estar da casa. Crédito: One Sotheby's International Realty/Handout/Reuters

Visão da sala de estar da casa. Crédito: One Sotheby’s International Realty/Handout/Reuters

Quando passou a morar em Miami, Al Capone teve seus passos seguidos constantemente pelos jornais da época. Preocupado com a presença do gangster, o então governador daquele Estado chegou a pedir a prisão do mais novo ilustre morador. Para evitar que isso acontecesse, o Scarface, apelido devido a uma cicatriz no rosto, se comprometeu a não infringir a lei e conseguiu permanecer em liberdade. A fim de obter mais privacidade, Al Capone transformou a mansão em uma fortaleza, com pesadas portas de madeira, paredes de concreto e portaria. Ali, em 1947, aos 48 anos de idade, ele faleceu.

Detalhe das pesadas portas de madeira da entrada do terreno. Crédito: One Sotheby's International Realty/Handout/Reuters

Detalhe das pesadas portas de madeira da entrada do terreno. Crédito: One Sotheby’s International Realty/Handout/Reuters

Após a morte de Al Capone, em 1947, a casa permaneceu com a família até a década de 1970, quando foi comprada por um piloto de uma companhia aérea. Depois disso, passou um grande período abandonada, sendo restaurada em 2011.

Detalhes da fachada da mansão à beira-mar. Crédito: One Sotheby's International Realty/Handout/Reuters

Detalhes da fachada da mansão à beira-mar. Crédito: One Sotheby’s International Realty/Handout/Reuters

Comentário: Nenhum comentário

Deixe seu recado