Escolha a Cidade:

Postado por <brasilbrokers>
19 dez

Declarar imóvel no imposto de renda é uma das tarefas que os brasileiros têm na hora de prestar contas à Receita Federal. O problema é que muita gente ainda não sabe incluir esse tipo de bem no formulário e acaba correndo o risco de cair nas “garras do leão”. Por isso, para quem comprou imóvel esse ano não pode esquecer de fazer a declaração no próximo ano. Separamos algumas dicas para a declaração correta do seu imóvel. Confira!

Comprei um imóvel à vista. Como eu declaro?

No quadro “Bens e Direitos”, você deve incluir um item referente a este imóvel, com toda a descrição do bem adquirido, deixando o valor zerado na coluna e não deixe de informar o valor total pago pelo imóvel. Vale ressaltar que todas as informações devem ser preenchidas  e detalhadas.

 

Não terminei de pagar meu imóvel. Como faço?

Nessa hipótese de ter financiado um imóvel, você deve informar na sua declaração de renda, na opção “bens de direito’’ o novo imóvel, e atente-se para informar o total de pagamentos realizados em 2017, considerando a entrada, incluindo todas as prestações pagas do financiamento inclusive com o FGTS. Lembrando que cada declarante deve adicionar cada ano os valores pagos das suas prestações.

 

Como declarar o imóvel que comprei de outra pessoa?

É necessário em sua declaração e do terceiro informar a declaração do bem e os valores efetivamente pagos por quem adquiriu o imóvel. Ao somar a declaração de cada um deles, o total deve ser igual ao total pago pela compra do imóvel. Ou seja, cada um informa em sua declaração aquilo que efetivamente foi pago por ele em cada ano.

Meu imóvel já foi quitado. É preciso declarar?

Todo imóvel que tem valor superior a R$3000 mil é necessário ser declarado. Lembrando que se você tiver outros imóveis isso também é uma obrigatoriedade, o que vale lembrar é que não é o valor de mercado, e sim o valor efetivamente pago pelo bem.

Meu imóvel valorizou. Posso atualizar esse valor?

A valorização de mercado do imóvel não muda o valor de custo histórico do bem que deve estar na declaração. O valor do imóvel só é alterado caso sejam feitas benfeitorias.

Depois dessas dicas, vale lembrar que a declaração deve ser feita e é obrigatória, deixe tudo organizado (documentos) para que na época da declaração tudo seja feito no tempo certo, e não deixe a declaração para cima da hora, por isso, atente-se ao calendário!

Abaixo, separamos um calendário para melhor orientação.

 

Em Mercado Imobiliário
, ,
Postado por <brasilbrokers>
05 dez

O tão sonhado caminho para a casa própria é algo que a maioria das pessoas almejam. Para isso, é necessário que você entenda que comprar um imóvel é um investimento para você e sua família. Listamos algumas dicas para a escolha do seu lar.

 

1- Estado de conservação

Definir um tipo de imóvel possibilita uma busca mais segmentada e objetiva. Portanto, quanto mais precisas a escolha do seu imóvel, mais chances de encontrar o que você tanto sonhou.

Caso ele seja novo, faça uma avaliação minuciosa: o estado de conservação dele tende a ser melhor, ou seja, menos estresse na hora de fechar um bom negócio.

Se o imóvel for usado, é necessário uma vistoria muito mais detalhada, vá mais de uma vez no imóvel e confira tudo: caimento de águas nas torneiras, infiltrações, veja os disjuntores, possíveis rachaduras, entre outras partes. Se possível, peça um relatório do imóvel e também do prédio. Assim, a sua compra será mais segura e sem dores de cabeça.

 

2- Localização

Após gostar de um imóvel, o primeiro passo é você caminhar pelo bairro, conhecer a vizinhança e saber o que ele oferece próximo a você. Veja se tem mercados, farmácias, colégios, hospitais, padarias, etc. São esses pontos que vão poupar seu tempo, isso é um aliado na hora de escolher seu imóvel. Depois disso, certifique-se se as opções de transportes no local são adequadas às necessidades da sua família. Questione se tem trânsito, ponto de ônibus, metrô e fácil acesso para os locais que você frequenta. Essas são perguntas necessárias na hora de fechar um bom negócio.

3- Segurança

Esse é um ponto muito importante, e não é apenas do bairro, mas também do local que você vai morar. Se tem porteiro, câmeras de filmagem, como é feito a entrada de visitantes, entre outras precauções. Se o imóvel for uma casa, vale a pena redobrar os itens de segurança. Por fim, não se esqueça de conversar com os vizinhos e perguntar sobre a segurança no bairro.

Agora que você já sabe mais um pouco sobre como comprar um imóvel de forma segura e prática, entre em contato com a Brasil Brokers e confira as nossas oportunidades exclusivas: acesse o site ou vá até a loja mais próxima de você.

O seu sonho da casa própria está bem  próximo, acesse nosso site e encontre um cantinho para chamar de seu !

 

Em Institucional
, , , ,