Escolha a Cidade:

Postado por <brasilbrokers>
27 nov

Quando decoramos uma sala de estar, existem três peças chaves que ajudam a garantir um visual mais harmonioso na decoração, são elas: o sofá, o tapete e a cortina. Por este motivo, na hora de combinar cada um destes itens, é bom seguir algumas dicas, que vão lhes ajudar na hora de montar uma combinação harmoniosa, elegante e convidativa. O ambiente precisa ser confortável, que você se identifica e que combina com o seu jeito. Nesse post vamos te mostrar algumas dicas para você caprichar na sua decoração.

 

Escolhendo o sofá

Como ele é o centro do ambiente, o mais indicado é o uso das cores neutras, que podem ser complementadas com o colorido da cortina e do tapete, ou em tons de cores que se complementem entre si na hora da decoração. Outra dica é que ele seja confortável, ou seja, prefira os tecidos mais leves, como o algodão, suede ou linho

 

Escolhendo a cortina

O segundo item importante que compõem a decoração do ambiente é a cortina, que além de ser decorativa ajuda na iluminação e ventilação do cômodo. Aqui a escolha das cores é importante para a luminosidade da sala, com o uso de cores quentes para ambientes pouco iluminados, e cores frias para ambientes bem iluminados.

 

Escolhendo o tapete

No final, é a chegada do tapete, peça que pode ser usada na casa toda. E, deve ser harmonioso tanto com relação a cortina quanto com o sofá. Ele pode ser integrado, com cores neutras para poder não marcar tanto a sua decoração, afinal ele é um item a mais na sua sala.

Uma dica importante é que o modelo do tapete não seja maior que o sofá, e sempre colocá-lo com um dos seus lados em cima do sofá para evitar acidentes e integração com o ambiente.

 

Por último, uma boa combinação é a parte principal da sua sala, use a sua imaginação para compor o ambiente e lembre-se que é seu gosto quem vai ditar as regras.

Separamos alguns modelos para você se inspirar e decorar a sua sala !

 

FONTE PINTEREST

FONTE PINTEREST

FONTE PINTEREST

FONTE PINTEREST

FONTE PINTEREST

Em Dicas para o Lar
, , , ,
Postado por <brasilbrokers>
22 out

Uma parcela considerável das despesas de uma casa vem do consumo de energia, e sabemos que não basta serem apenas decorativas, as lâmpadas precisam baixar o valor das contas de energia.

Existem algumas maneiras de obter uma iluminação adequada e eficiente e que possibilite a redução da despesa de energia. Uma alternativa é substituir a lâmpada antiga por uma moderna. Ou seja, substituição da lâmpada incandescente ou halógena por LED. Entenda algumas diferenças:

Incandescentes

São as lâmpadas antigas, atualmente substituímos pelas lâmpadas fluorescentes, afinal apenas 5% é luz, o restante é transformado em calor. Os modelos de lâmpadas espelhadas são para o uso em spots, para que a luz não seja desperdiçada, mas sim focada. Sua principal característica é: luz Amarelada – aconchegante, ótima reprodução de cores, emitem calor.

LED

São as mais modernas, convertem energia elétrica em energia luminosa, através de pequenos chips. È considerada um produto ecologicamente correto por consumir pouca energia e possuir vida longa. Devido a alta eficiência e ao baixo consumo estão substituindo as lâmpadas fluorescentes no uso residencial. Característica: possuem baixíssimo consumo de energia e vida útil muito grande; há lâmpadas de diferentes tonalidades de cor; e não emitem calor;

Fluorescentes

São as mais indicadas para o uso residencial e comercial, pois apresentam alta eficiência e baixo consumo de energia. Substituem as lâmpadas incandescentes e podem ser utilizadas na iluminação geral de residências e comércios (em pendentes, plafons, lustres), iluminação decorativa ou de efeito (abajures, arandelas, luminárias de piso)

Há lâmpadas fluorescentes com diferentes cores de luz (branca, azulada, amarelada, …), não emite calor, reprodução de cor aproximadamente em 85%.

Lembre-se: Economias e bons hábitos andam juntos ! E, não esqueça quando sair de um cômodo para o outro desligue a luz, isso faz com que a conta seja reduzida pela metade.

Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest

Fonte Pinterest

Em Decoração
, , , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
06 abr

Sem título

O empresário Michael Bamberg, fundador e proprietário da Bamberg Brasil Brokers, comemora, em abril, ao lado de toda sua equipe de colaboradores, os 30 anos da empresa na intermediação de imóveis prontos de alto padrão na Zona Sul da cidade de São Paulo. Localizada no Alto da Boa Vista, a imobiliária conta com 50 corretores credenciados para atendimentos em português, alemão, francês e espanhol, investindo na orientação de executivos expatriados a encontrar o imóvel ideal para morar em São Paulo.

Adquirida em 2012 pelo maior e mais completo grupo de venda de imóveis do país, a Brasil Brokers, a empresa movimentou, nos últimos três anos, R$ 443 milhões em negociações com imóveis prontos. Atualmente, possui mais de oito mil unidades para venda ou locação que somam R$ 9,6 bilhões a um ticket médio de R$ 1,2 milhão.

Em Institucional
, , , , , , , ,
Postado por <marketing>
28 mar

O Grupo Brasil Brokers acaba de lançar o aplicativo Brasil Brokers Imóveis, o jeito mais rápido e fácil de você encontrar sua nova casa! Disponível tanto para IOS quanto Android, o app reúne mais de 30 mil ofertas em mais de 230 cidades brasileiras, entre lançamentos, imóveis prontos e também para locação.

Aplicativo Brasil Brokers

Aplicativo Brasil Brokers Imóveis


Moderno, o
app traz entre as suas diversas funcionalidades uma que permite que o usuário explore o bairro desejado por geolocalização, inclusive apresentando os serviços disponíveis na região, como restaurantes, farmácias, centro médicos, estações de metrô, entre outros. 

IMG_1242  IMG_1260  IMG_1259

O usuário pode buscar imóveis no mapa, circulando com o dedo a área a ser explorada, ou filtrando pelo nome, preço, região, metragem, dormitórios e vagas de garagem.

  IMG_1243  IMG_1244 IMG_1251

No resultado de busca, é possível ordenar todos os imóveis encontrados pela área, relevância, preço (mais barato ou mais caro) e valor do metro quadrado. aplicativo disponibiliza ainda uma ficha técnica completa do imóvel, com todas as informações e fotos, e inclusive permite estimar o tempo de deslocamento para se chegar ao local, seja a pé ou de carro. 

IMG_1246  IMG_1255  IMG_1258

Outro diferencial são as estatísticas dos imóveis semelhantes aos já pesquisados, que facilitam, por exemplo, o entendimento do valor médio dos imóveis da região (raio de distância).

    IMG_1257

Para facilitar a jornada em busca do imóvel o usuário pode salvar seus imóveis favoritos, para acessá-los de outros dispositivos depois, agendar as datas das visitas, controlar quais imóveis já foram visitados, avaliar os melhores imóveis e até pesquisar depois pelos imóveis que já foram avaliados.

IMG_1261  IMG_1248  IMG_1252

Uma outra funcionalidade que ajuda muito quem procura por imóveis é o atendimento online (via chat) diretamente com os corretores associados à Brasil Brokers, que sempre dão as melhores sugestões de imóveis para os desejos dos usuários.

Há também espaço para quem deseja anunciar seu imóvel para venda. Basta preencher os dados do imóvel para que a equipe da Brasil Brokers possa aprová-lo e colocá-lo entre um dos maiores portfólios de imóveis disponíveis à venda do país. 

IMG_1249  IMG_1254

Em Inovação
, ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
02 mar

Sabemos que a econômica não está passando por um bom momento, mas isso não deve ser motivo de desespero para quem ainda sonha em comprar a casa própria. De acordo com especialistas, 2016 é um bom ano para o comprador, já que a maioria dos imóveis estará com descontos. Além disso, foi aprovado pelo conselho curador do FGTS o aumento do teto do Minha Casa Minha Vida, no fim de 2015, passando de R$ 190 mil para R$ 225 mil. Dessa forma, grande parte da população poderá se beneficiar com mais imóveis sendo inclusos no programa.

Crédito: © Imageplus/Corbis

Crédito: © Imageplus/Corbis

Outro fator importante para ajudar o consumidor foi o incentivo do Banco Central (BC) dado aos bancos privados que passaram a financiar mais de 80% do valor do imóvel. O BC diminuiu a parcela que os bancos são obrigados a deixar parada no caixa para cumprir os requerimentos mínimos de capital nos financiamentos de maior valor.

Como a maioria das construtoras devem segurar os lançamentos previstos para 2016, as unidades já lançadas deverão ser um pouco mais disputadas. Para José Roberto Federighi, diretor-geral da Brasil Brokers em São Paulo, estamos no momento ideal para quem quer comprar um imóvel para morar ou investir. “Apesar de existirem muitas unidades já lançadas, a acomodação dos preços é passageira. A tendência é que, depois da absorção desses estoques, os novos lançamentos retomem uma trajetória ascendente de preço”, comenta.

Por isso, com a ajuda de nossos corretores, aproveite as oportunidades e escolha o imóvel certo para você.

Em Mercado Imobiliário
, , , , , , , , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
08 maio

Medo é uma sensação que o novo proprietário da casa que serviu de locação do filme Atividade Paranormal não tem. Após oito dias sendo anunciada no mercado imobiliário americano, a residência foi arrematada por US$ 749 mil, cerca de R$ 1,9 milhão.

Fotos: Reprodução – Curbed

Fotos: Reprodução – Curbed

No longa-metragem, vários eventos sobrenaturais acontecem no interior da residência. o que acaba amedrontado seus moradores fictícios. Segundo o site Curbed, o novo dono real do imóvel não se importou com o suposto “passado” da moradia.

Situada em San Diego, no estado americano da Califórnia, a casa é bem confortável, com dois banheiros, quatro quartos, piscina e uma pequena quadra de basquete.

Casa 2

 

Casa 4

Em Mercado Imobiliário
, , , , ,
Postado por <marketing>
27 abr

A França deu um importante passo em prol de políticas de sustentabilidade, O país aprovou recentemente uma lei em que obriga os novos prédios comerciais a instalarem telhados ecológicos ou painéis solares. A medida faz parte de uma estratégia para diminuir a dependência das usinas nucleares que, atualmente, suprem cerca de 75% da demanda de energia do país.

Crédito: Ekko Ideias

Crédito: Ekko Ideias

A nova lei atendeu em parte os ativistas ambientais franceses, que propuseram que todos os novos edifícios, incluindo os residenciais, tivessem a sua última laje coberta por vegetação. Porém, os deputados avaliaram que a iniciativa poderia ser muito onerosa para o consumidor residencial neste momento.

A vantagem das placas solares é a redução do uso da eletricidade que hoje é entregue aos clientes pelas distribuidoras de energia. Já os benefícios dos telhados verdes são o isolamento de calor e ruído, o que diminui a necessidade de aparelhos de refrigeração durante períodos mais quentes e de aquecimento nos meses de inverno. Além disso, as plantas bloqueiam as partículas de poeira, purificam o ar, e retêm água da chuva, reduzindo problemas de escoamento nas ruas durante chuvas mais fortes.

Crédito: Wikimedia Commons

Crédito: Wikimedia Commons

Em Mercado Imobiliário
, , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
31 mar

Entre os impactos negativos causados pelo mundo moderno está a emissão de carbono no meio ambiente. Porém, se o homem começou essa destruição, ele também é capaz de criar tecnologias que permitem minimizar e praticamente zerar essa agressão à natureza. Para demonstrar como é possível diminuir esses danos, uma empresa de arquitetura australiana criou a primeira casa pré-fabricada com carbono positivo. Isso quer dizer que a moradia devolve o carbono para o meio ambiente.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

De acordo com matéria publicada no site Hypeness, o modelo de teste chamado de Archi+ Carbon Positive House foi montado em uma praça pública na cidade de Melbourne, na Austrália. O projeto é tão fiel a seus princípios que a residência, com 75 m², é toda construída com materiais sustentáveis duráveis e de baixa manutenção, sendo capaz, até de gerar mais energia do que usa.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

No quesito eletricidade, a casa possui alguns recursos que colaboram bastante na economia. Entre eles, está a adoção de grandes janelas que permitem a entrada da luz do sol na maior parte do dia, além da posição das paredes ajudar numa melhor ventilação do imóvel. Uma delas, inclusive, possibilita que o morador possa cultivar uma horta vertical.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Uma solução interessante aplicada pelos criadores do projeto é a dos painéis internos, que são móveis e adaptáveis, permitindo dividir espaços e criar novos ambientes. Deste modo, o dono poderá adaptar todo o espaço interior à sua necessidade.

O interessado em adquirir o imóvel precisará desembolsar a quantia de R$ 680 mil, o equivalente a 300 mil dólares australianos.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Em Inovação
, , , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
24 mar

O Sindicato das Empresas do Mercado Imobiliário de Minas Gerais (Secovi-MG) e a Câmara do Mercado Imobiliário divulgaram recentemente uma pesquisa em que mostra que o mercado imobiliário de Belo Horizonte apresentou um aumento no volume de vendas em 2014 se comparado a 2013.  Foram 5.547 unidades a mais, algo em torno de 3%. O Valor Geral de Venda (VGV) também cresceu e atingiu cerca de R$ 2,5 bilhões, uma alta de 5,8% em relação ao ano anterior.

Para o diretor da Brasil Brokers MG, Luiz Renato Caldas, o ano passado foi marcado pelo forte trabalho realizado com os estoques e que isso se refletiu no número de lançamentos, menor que 2013.

“É fato que o mercado está comprador de oportunidade. O cliente foi muito seletivo em 2014. Procurou se informar melhor e com isso a tomada de decisão se tornou mais longa. A Internet tem sido uma ferramenta cada vez mais utilizada”, explica o executivo.

Vista aérea de Belo Horizonte (MG). Crédito: © Danny Lehman/Corbis

Vista aérea de Belo Horizonte (MG). Crédito: © Danny Lehman/Corbis

Em Mercado Imobiliário
, , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
24 fev

Você sabia que pode ter informações sobre a garagem de um prédio em lançamento no momento da compra? Poucas pessoas se atentam a esse fato que, adiante, pode trazer dores de cabeça. Afinal, o proprietário de um carro grande poderá ter mais dificuldades para guardar o veículo dependendo do tamanho da vaga e a sua localização.

O comprador pode e deve ter todas as informações sobre o tipo de vaga que estará vinculada ao imóvel que vai adquirir. O cliente pode ainda solicitar a planta da garagem, com a distribuição e as dimensões das vagas.

Se a vaga para o automóvel for determinada, ela contará com uma escritura própria e poderá ser escolhida pelo futuro proprietário no instante da compra. Se for indeterminada, será concedido apenas o direito de uso, e comumente a divisão das vagas pode ocorrer por meio de sorteios já com o condomínio em operação.

Como base para quem quiser saber qual o tamanho ideal de vaga, a legislação na cidade de São Paulo estabelece que as vagas pequenas tenham pelo menos 2,00m de largura por 4,20m de comprimento. As grandes devem ter, ao menos, 2,30m por 5,50m.

Crédito: © Auckland; Diane/Arcaid/Corbis

Crédito: © Auckland; Diane/Arcaid/Corbis

Em Mercado Imobiliário
, , , ,