Escolha a Cidade:

Postado por <brasilbrokersoficial>
08 fev

A cada dia cresce o número de pessoas que deixam de trabalhar dentro de empresas e escritórios para trabalhar de casa. Para aqueles que moram em espaços pequenos e acham que o tamanho do ambiente pode ser um obstáculo, algumas dicas e truques podem  mudar esse pensamento. É possível fazer um home office em um espaço pequeno! Você pode criar um escritório em casa sem complicações, tudo que você vai precisar é encontrar um pequeno recinto dentro de casa e criatividade para criar o seu próprio escritório doméstico.

A maior parte de nossas vidas passamos estudando ou trabalhando, por esse motivo é importante que o ambiente de home office seja inspirador. Uma das coisas mais importantes para se lembrar durante o projeto de pequenos escritórios em casa, é empregar de decoração, mobiliário, mesas e armários que não ocupem muito do espaço para as pernas. Se o espaço já for limitado, a melhor maneira de maximiza-lo é ajustar os móveis da forma mais inteligente possível. “Como o espaço já é reduzido vale a pena investir numa cadeira confortável e que privilegie a ergonomia. Estas opções têm valor elevado, mas valem cada centavo”, comenta a arquiteta Lulu Andrade da Adoro Arquitetura.

Para muita gente a ideia de um escritório em casa é vista como um luxo, mas trabalhar de um laptop no sofá por longas horas não é o ideal, então essa ideia divertida de “escritórios portáteis / dobráveis” parece ser a solução perfeita. Foi pensando nisso que o Home Made Modern (homemade-modern.com) fez um passo a passo de como montar um home office com elementos fáceis de serem achados. O conceito de pendurar uma cadeira na parede pode até parecer estranho, mas dá ao ambiente um ar moderno e arrojado.

hmm_ep24_foldupoffice_pcard (1)

Crédito: HomeMade Modern

Uma ótima maneira de ter um escritório em casa em um espaço pequeno é converter seu armário para um escritório. Criar um home office dentro de um armário também é um excelente jeito de mantê-lo escondido quando as visitas chegam!

Home office dentro do armário, ótima opção para quem tem pouco espaço. Crédito: Blog Ariane Lima Arquitetura.

Home office dentro do armário, ótima opção para quem tem pouco espaço. Crédito: Blog Ariane Lima Arquitetura.

Se o ambiente não tiver uma boa iluminação é sempre bom recorrer para as luminárias de mesa. Para Lulu Andrade, na hora da escolha da lâmpada, o ideal é optar pelas fluorescentes ou leds. “Elas não emitem quase nenhum calor e produzem luz homogênea o que dará conforto na hora da leitura e do trabalho”, finaliza a arquiteta.

Confira abaixo algumas inspirações para criar o seu próprio home office:

Home office moderno no canto da escada. Crédito: Decoist.com.

Home office moderno no canto da escada. Crédito: Decoist.com.

foto 03 - home office

Crédito: {decô}.

Home office super compacto, com escrivaninha, prateleiras e nichos. Quando você precisar usar basta abrir para acessar a bancada! Crédito: {decô}.

Home office super compacto, com escrivaninha, prateleiras e nichos. Quando você precisar usar basta abrir para acessar a bancada! Crédito: {decô}.

Para quem não quer que o home office fique visível o tempo todo. Crédito: Rosamundo.

Para quem não quer que o home office fique visível o tempo todo. Crédito: Rosamundo.

 

 

 

Em Decoração
, , , , , , , , , , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
28 jan

Está precisando decorar um ambiente sem grandes gastos mas de forma bem criativa? Você pode começar focando no quesito iluminação e uma boa opção são as famosas luminárias japonesas de papel. De acordo com a arquiteta Lulu Andrade, além de oferecerem um bom custo-benefício, essas luminárias dão um clima especial para qualquer ambiente, podendo ser usadas tanto em residências quanto em uma loja.

A profissional utilizou recentemente essas luminárias em dois projetos. O primeiro foi para um quarto de criança cujo tema era o espaço sideral. Nele, luminárias coloridas foram afixadas no teto para se passar por planetas e dar uma ideia de profundidade em relação ao desenho feito nas paredes. No centro do cômodo, o destaque é para a luminária com a Terra desenhada.

As luminárias japonesas de papel usadas como “planetas” no quarto de criança.

No projeto para um estabelecimento comercial, a arquiteta decidiu adotar uma solução que proporcionasse baixo custo para o lojista. O desafio, no caso, foi o tamanho do espaço – grande – e o pé direito bem alto. Para que não se tornasse um objeto isolado no ambiente, a ideia foi colocar várias luminárias penduradas pelo teto e em alturas diferentes, o que fez que se tornasse um elemento de identificação da loja de roupas.

Pé direito bem alto da loja de roupas possibilitou que as luminárias fossem dispostas em diferentes alturas.

Essas luminárias podem ser encontradas facilmente no mercado. Nas grandes redes de lojas de decoração, o preço da luminária branca fica em torno de R$ 40,00. As coloridas ou com desenhos podem chegar a cerca de R$ 60,00. Já em locais como os comércios populares da Rua 25 de março, em São Paulo, e da região conhecida como Saara, no centro do Rio, os preços caem bastante.

Mas Lulu Andrade faz um alerta. “Antes de comprar verifique a qualidade do papel. Se for fino demais não leve, pois há risco de rasgar quando abrir a luminária.” A profissional informa também que o bocal da luminária costuma ser vendido separadamente.

Em Decoração
, , , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
21 set

A arquiteta Lulu Andrade tem como paixão se inspirar em grandes artistas, brasileiros e estrangeiros, para compor “suas obras de arte” nos apartamentos que decora. Batemos um papo com ela para saber um pouco mais sobre esse desafio.

Blog Brasil Brokers: Qual o artista que mais te traz inspiração? Por quê?
Lulu Andrade: Ultimamente tenho me inspirado muito nas obras do mosaicista Athos Bulcão. Gosto do jeito como ele usava as linhas retas como elemento de criação.

Blog Brasil Brokers: A internet pode ser aliada na busca por inspirações?
Lulu Andrade: Com certeza. Hoje é muito fácil viajar pelo mundo da arquitetura através das redes sociais e existem de diversos sites interessantes como Dezeen, Pinterest, Notcot, entre outros.

Blog Brasil Brokers: Existe uma boa aceitação por parte dos clientes em ter um cômodo da casa inspirado em obras de grandes artistas?
Lulu Andrade: Na maioria das vezes, esta inspiração serve como um norte no início de um projeto e vai se diluindo na medida em que o mesmo  vai sendo desenvolvido, passando a se tornar elementos pontuais que remetem a uma época ou estilo. É claro que em alguns projetos isto pode ficar mais evidente, como no caso de uma cozinha que fizemos e que foi inspirada no arquiteto catalão Gaudí. O projeto seguiu um pedido explícito do cliente, que apreciava este artista.

Outro caso foi um banheiro inspirado nos antigos banhos árabes. O espaço para desenvolver o projeto era reduzido e havia a preocupação em não torná-lo excessivamente decorado, o que poderia deixar o ambiente cansativo e fazer com que o cliente quisesse trocar o revestimento em pouco tempo.

 

Parede de uma cozinha inspirada nas obras de Gaudí

Blog Brasil Brokers: Quais foram os materiais mais utilizados para esse tipo de reforma?
Lulu Andrade: Adesivos, pastilhas, cerâmicas, mármores ou granitos podem ser trabalhados para atingir o que o cliente sonha. Como normalmente apenas uma das paredes é escolhida para dar a “cara” do ambiente, optou-se por revestimentos com tamanhos menores, como pastilhas, que deixou o espaço bem interessante e o efeito final não ficou cansativo.

Blog Brasil Brokers: O custo de um tipo de trabalho como este costuma ser elevado?
Lulu Andrade: Não necessariamente. No caso da parede inspirada em Gaudí compramos pastilhas cerâmicas com o custo bem razoável para que fossem quebradas a fim de compor o painel em caquinhos. É claro que existem caquinhos de azulejos prontos no mercado, mas neste caso a sua execução sairia cara demais.

 Para esse trabalho foram comprados azulejos coloridos e quebrados em seguida para se formar o desenho artesanalmente na parede

*Formada em arquitetura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e com MBA em gestão de negócios para arquitetos pelo IBMEC, Lulu Andrade é sócia diretora do escritório Adoro Arquitetura (www.adoroarquitetura.com.br).

Em Decoração
, , , , ,