Escolha a Cidade:

Postado por <brasilbrokersoficial>
15 dez

Esse desejo de conforto e bem-estar é possível, mesmo que o ambiente disponível não seja tão espaçoso. Você pode transformar uma pequena área da sua casa num local incrível para receber os amigos ou simplesmente tomar o café da manhã de domingo, lendo o jornal.

 

Foto: Divulgação

Conversamos com o paisagista Marcelo Novaes, responsável pelos jardins de inúmeras casas Brasil a fora, e pegamos algumas dicas. Confere só:

Blog Brasil Brokers: O que é necessário para fazer um jardim ornamentado? Existe um espaço mínimo?
Marcelo Novaes: O jardim tem que atender as necessidades do usuário, ampliando o espaço de lazer, tornando-se participativo, surpreendendo e despertando os sentidos com sua beleza, aromas e sabores. Um jardim ornamentado é composto por vegetações onde o principal é a beleza das espécies. Ele tem que ser visualmente atraente e as combinações das cores, texturas e aromas devem estar em harmonia, independente do espaço.

Blog Brasil Brokers: Quais plantas podem ser usadas?
Marcelo Novaes: A escolha das espécies vai depender do espaço a ser plantado e também de clima, insolação e ventilação. A escala do jardim também interfere. Plantar uma espécie de grande porte, que cresça muito, num jardim pequeno vai trazer problemas e o inverso pode ficar desarmônico. Tem que ter cuidado ainda com a combinação das espécies. As plantas perenes são as mais indicadas, pois a manutenção e o ciclo de vida são longos e não elas não precisam ser transplantadas após a floração.

Blog Brasil Brokers: Qual a periodicidade da manutenção? A própria pessoa pode fazê-la ou deve contratar um jardineiro?
Marcelo Novaes: Conhecer as características e as necessidades de cada planta como as podas, irrigação, adubação e o tempo de floração é importante para mantê-la sempre viçosa. Qualquer pessoa pode cuidá-las, desde que tenha o conhecimento mínimo de jardinagem.

Blog Brasil Brokers: Deve ter sol em algum momento ou não há necessidade?
Marcelo Novaes: A insolação vai depender da escolha da espécie – existem as que são resistentes ao sol e as que preferem a sombra. Um ambiente interno também pode ser valorizado com espécies ornamentais. Existem espécies resistentes à sombra e que valorizam a decoração como o lírio-da-paz (Spathiphyllum wallisi), chamaedorea (Chamaedorea elegans), Rafia (Rhapis Excelsa) e a Pleomele (Pleomele reflexa).

Blog Brasil Brokers: No caso de varandas, quais são as dicas?
Marcelo Novaes: Primeiramente definir o layout da varanda com o mobiliário para que os vasos complementem harmoniosamente a decoração. O ideal é usufruir da vista e dar a sensação de liberdade que as varandas proporcionam.

Veja alguns exemplos:

 

 

Foto: Divulgação

As jardineiras feitas com chapas de ferro oxidado e cortadas de forma onduladas invadem parte do piso de madeira. Em seu interior, as exóticas e suculentas rosas-de-pedra (Echeveria glauca) formam um paisagismo inusitado.

 

 

 

Foto: Divulgação

A varanda do quarto no andar superior da casa tornou-se um refúgio para o proprietário. Um local onde ele gosta de tomar o café da manhã e contemplar a bela vista.

 

 

Foto: Divulgação

O espelho d´água de estilo moderno, com traços retos e materiais orgânicos valoriza a sala de estar e remete ao relaxamento ao som da água.

 

 

 

Em 1975, quando ainda estudante, trabalhou no viveiro de produção de mudas da família, executando seus primeiros jardins. Em 1980 se formou em paisagismo pela Faculdade de Arquitetura da Universidade PUC-Campinas. Desde então, atua como paisagista, onde desenvolve projetos por todo o Brasil. Alguns deles podem ser visto no site www.marcelonovaes.com.br.

 

 

 

Em Paisagismo
, , , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
17 set

Nada melhor do que a sensação de tirar uma hortaliça, uma erva ou uma fruta do pé e poder saborear na hora. Normalmente, essa é uma sensação que só conseguimos quando vamos para o sítio de algum amigo ou familiar. Porém, o que não pensamos no momento é que essa experiência não precisa ficar apenas na lembrança. A paisagista Luciana Leal deu algumas dicas de como cultivar ervas dentro de casa e poder usufruir do gosto de uma comida feita com elas, fresquinhas, tiradas da “horta”.

Mesmo que você tenha pouco espaço é possível cultivar as pequenas plantinhas. Compre as sementes das ervas que mais gosta em casas do ramo. Separe alguns vasinhos para o plantio. Eles podem ser redondos ou aqueles compridos, que se ajustam melhor do lado de fora das janelas. A melhor opção é comprar a terra pronta, que já vem com adubo e todas as substâncias que a planta necessita para crescer bem.

Vasos redondos são uma ótima opção para se fazer uma horta caseira

Pimentas, alecrim, orégano, tomilho, salsa e capim-limão necessitam de mais tempo de sol, aproximadamente 3 horas por dia. Já a hortelã, o manjericão verde e o roxo, e a sálvia devem ficar expostas à luz solar apenas na parte da manhã e por pouco tempo.

Todas as ervas devem ser molhadas diariamente, em pouca quantidade. No verão, se estiver muito quente e você perceber que a terra está seca, pode regar duas vezes ao dia. O substrato, local onde as plantas vão fixar suas raízes, deve ser aerado e adubado.  O local do plantio tem que ser bem drenado. Utilize pratinhos com areia no fundo, para que a água não se acumule ali.

 

E agora, mãos à obra!

Em Dicas para o Lar
, , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
20 jun

Seja bem-vindo ao mais novo canal de comunicação da Brasil Brokers. Aqui falaremos sobre decoração, paisagismo, inovação e cases do mercado imobiliário.

Mas os assuntos não param por aí não! Vamos falar também sobre sustentabilidade e dar dicas para que a sua casa fique cada vez mais bonita. Você vai encontrar sugestões que irão auxiliar nas escolhas para aproveitar todos os ambientes. E o que é melhor, deixando ela com o seu jeito!

Aproveite este espaço que vai ter entrevistas exclusivas de grandes arquitetos, paisagistas e especialistas em deixar a sua casa mais espaçosa, aconchegante e moderna!

Abraços da equipe Brasil Brokers!

Em Institucional
, , , , , , ,