Escolha a Cidade:

Postado por <brasilbrokersoficial>
14 maio

Com a tendência de apartamentos cada vez menores, a integração de ambientes torna-se cada vez mais necessária para garantir ao morador uma sensação de amplitude dentro de casa.  Ao contrario do que víamos antigamente, onde os ambientes não se comunicavam e cada área era destinada à uma função distinta como sala de estar, sala de jantar e sala de tv. Hoje, os empreendimentos adotam um conceito norte-americano de integração. A mais conhecida é a integração da sala de jantar com a cozinha, mas também podem ser integrados cozinha com a churrasqueira ou ainda os três ambientes conjugados.

Quem pensa que para uma boa integração basta derrubar as paredes, engana-se. O segredo é ir além disso. Utilizar portas especiais e apostar em uma paginação interessante para o piso contribuem e muito para uma harmonia entre os ambientes. Funcionalidade e amplitude são duas palavras que tem que estar na mente de quem opta por tornar vários ambientes em um. Dessa forma, poderão garantir muito conforto e o prazer aos espaços.

Na decoração destes ambientes, alguns elementos são essenciais como cores, texturas, revestimentos e tamanho dos móveis. Antes mesmo de iniciar a derrubada das paredes, é preciso escolher que tipo de cor o seu ambiente vai ter. Especialistas alertam que investir em base neutra para metragens pequenas é a melhor opção. Cores mais vivas podem ser usadas em pequenos detalhes como vasos e almofadas. Em relação aos móveis, evite peças altas que farão um bloqueio visual entre os espaços.

Preparado para começar a derrubar as paredes? Confira alguns ambientes e inspire-se!

Integração (3)

Integração (1)

Integração (4)

Integração (2)

Em Decoração
, , , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
29 abr

Quem pensa em reforma, sempre acha que a dor de cabeça é inevitável e que o valor do orçamento sempre é maior do que o esperado. Ainda mais quando se trata de pisos e fachadas utilizando madeiras, mármore ou outras pedras, já que na maioria das vezes, por serem matérias-primas caras, acabam pesando um pouco no valor final da obra. Mas já pensou em dar uma repaginada na casa sem gastar muito? Uma ótima opção é utilizar as imitações que vem ganhando cada vez mais espaço quando o assunto é economizar sem perder o charme.

Com o avanço da tecnologia, hoje, é possível manter a sofisticação e a classe das madeiras e pedras nobres usando revestimentos de PVC e cerâmica. Além de conferirem ao ambiente um aspecto natural, possuem uma instalação prática e uma forma simples de manutenção.

O piso cerâmico, por exemplo, possui uma vasta gama de modelos e cores, permitindo diversas composições aos ambientes da casa. Outro efeito interessante e que está em alta atualmente são os revestimentos cerâmicos que imitam tijolinhos. Com um acabamento acetinado, eles ficam ótimos em paredes e deixam o ambiente com um ar rústico e aconchegante. Confira alguns projetos para começar a reforma da sua casa já!

Revestimentos (1)

Revestimentos (2)

Revestimentos (4)

Revestimentos (3)

Revestimentos (5)

Em Decoração
, , , , , , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
19 jul

Você sabia que algumas mudanças certeiras podem aumentar muito o valor do seu imóvel? Apesar da poeira e da bagunça, as reformas podem valorizar bastante.

Vale lembrar que você precisa ter bem definido se a intenção da mudança é para valorizar o imóvel para venda ou para conforto da família, sem a intenção de uma venda próxima.

Segundo Josué Madeira, Diretor de imóveis prontos da Brasil Brokers, “obras na hidráulica e elétrica valorizam muito o imóvel, mas chegam a custar 20% do valor total da casa ou apartamento, por isso se a intenção é vender, esses custos tem que estar embutidos no valor da venda”, complementa Madeira.

Crédito: Arman Zhenikeyev/ Corbis

Confira algumas dicas que a Brasil Brokers preparou para você não errar:

– Elétrica: Imóveis antigos com poucas tomadas e interruptores não comportam eletrodomésticos e eletrônicos atuais, além de gastarem menos energia, por isso importantíssima essa mudança.

– Hidráulica: Canos de ferro, manilhas de esgoto e válvulas hidra antigas dever ser substituídas por equipamentos novos.

– Dependências de empregado: Famílias da classe média não tem mais funcionários que dormem em casa, ainda mais agora com a nova legislação. Portanto, o espaço pode ser convertido em closet, despensa, quarto de hóspedes ou escritórios, que também valorizam muito.

– Suítes: Exigência de privacidade aumentou entre as famílias, fazendo com que banheiros grandes antigos sejam divididos e incorporados ao ambiente dos dormitórios.

– Cores: Para vender, opte sempre por cores neutras, tanto nas paredes como no piso.

Em Dicas para o Lar
, ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
14 fev

Uma boa reforma exige pesquisa e planejamento. Ainda mais depois da aquisição de um imóvel pronto em que a maior parte do orçamento foi utilizada para efetuar a compra. Antes de começar a reforma da casa tenha um projeto que contemple a questão de engenharia e arquitetura e um plano financeiro para evitar eventuais imprevistos com atrasos na finalização da obra.

De acordo com Tatiana Sant’Anna, sócia do escritório de arquitetura Amarelo Factum, a reforma de um apartamento custa entre 10% e 20% do valor do imóvel se utilizados acabamentos de padrão médio. Por isso a necessidade inicial de se contratar um arquiteto, pois ele é capaz de dar o direcionamento correto da obra, especificar os materiais certos para se comprar, além de orçar a reforma. “Hoje em dia já é bastante comum a presença de arquitetos em reformas residenciais auxiliando o dono do imóvel”, conta Tatiana.

A reforma de um apartamento pode custar entre 10% e 20% do valor do imóvel. Foto: © Ben Hupfer/Corbis

Se a reforma completa do imóvel não for possível, a arquiteta recomenda que se priorize as áreas úmidas como banheiros e cozinhas. São cômodos com obras complexas que interferem algumas vezes até no apartamento vizinho. Tendo o planejamento em mãos e os profissionais especializados ao seu lado, é hora de se inspirar para a decoração! Já viu nossos posts com dicas?

Em Dicas para o Lar
, , , , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
22 jun
Você pode ser sustentável e ainda economizar!

Você pode ser sustentável e ainda economizar!

 

Como o Brasil e o mundo respiram sustentabilidade vamos dar algumas dicas para deixar a sua casa mais “verde”, sem perder o conforto.

– Está cansada dos móveis que tem em casa? Que tal reformá-los? Peça ajuda aos seus filhos para escolher uma nova cor para os móveis e aproveite o fim de semana para fazer uma bagunça saudável com os pequenos. Vai ser uma diversão à parte para a criançada, que vai adorar contribuir na nova decoração da casa.

– A geladeira gela menos do que deveria e você deseja trocá-la? Verifique se o problema não está apenas nas borrachas das portas. Se estiverem velhas, troque-as. Reformá-la seria uma boa ideia! Imãs de geladeira e adesivos próprios ajudam a dar outra cara ao eletrodoméstico. Pegue o dinheiro que você usaria para comprar a nova geladeira e coloque na poupança. Aproveite e comece a planejar as próximas férias com essa economia.

– O ar-condicionado é indispensável na sua vida. Tudo bem, em alguns lugares do Brasil as temperaturas não baixam mesmo, mas você pode manter o ambiente mais fresco deixando as janelas bem abertas durante o dia e evitando colocar móveis que possam obstruir a passagem da ventilação. Dessa forma o ar-condicionado não vai precisar estar na temperatura máxima para deixar o ambiente mais fresco em menos tempo!

– Use lâmpadas fluorescentes. E para quem acha que a cor branca tem cara de escritório, use as amareladas, que tem a mesma eficiência das comuns, porém esquentam menos e ajudam a diminuir a conta de luz. A iluminação natural também é importante, use e abuse dela! Opte por cortinas claras e evite objetos e móveis que escureçam o ambiente. Manter as lâmpadas e eletrodomésticos desligados quando não estiverem sendo utilizados ajuda a economizar energia.Mamães e papais,ensinem seus filhos a não abrirem a geladeira a todo instante. Além de interferir na validade dos alimentos, ainda ajuda a deixar a conta de luz mais robusta!

– Sua conta de água está muito alta? Verifique se não há vazamentos nas torneiras, descarga e chuveiro. Aquele pinga-pinga é mestre em fazer a conta aumentar.

– Separe o lixo orgânico do seco. Incentive a separação seletiva no prédio. Converse com os demais moradores na próxima reunião do condomínio. Mesmo nas cidades que ainda não possuem coleta seletiva, existem cooperativas e ONGs que trabalham com material reciclado. Combine com elas uma data para que façam a coleta na sua casa.

O custo do cuidado é sempre menor que o custo do reparo” – Marina Silva

Em Dicas para o Lar
, , , , , , , , , , , ,