Escolha a Cidade:

Postado por <brasilbrokersoficial>
06 jan

É cada vez maior no Brasil o número de edifícios comerciais com certificados verdes. Nos últimos cinco anos ocorreu um salto de 20 para 497 empreendimentos com chancela de selo sustentável. De acordo com matéria publicada pelo jornal Brasil Econômico, isso é reflexo de uma demanda cada vez maior do mercado. Duas certificações atuam hoje no país: a Leadership in Energy and Environmental Design (Leed) e a Alta Qualidade Ambiental (Aqua-HQE).

Ainda segundo a reportagem, o aumento de profissionais com experiência em projetar e construir edifícios sustentáveis e o avanço da produção nacional de materiais para viabilizar essas obras diminuiu o custo extra da concepção dos prédios. Como consequência direta, alavancou este segmento da construção civil no Brasil. Atualmente a maioria dos projetos de edifícios corporativos em São Paulo e no Rio de Janeiro, são concebidos seguindo princípios sustentáveis, uma vez que os prédios detentores de selos específicos de sustentabilidade oferecem maior retorno financeiro aos investidores e aos operadores.

De acordo com especialistas, a difusão de informação sobre a prática foi essencial para que se houvesse a redução do custo dos projetos. Com a recorrente apresentação de cases de sucesso ao mercado, muitos profissionais da área se interessaram pelo tema e foram buscar capacitação. Para eles, um dos desafios do mercado para a manutenção do crescimento é incentivar a demanda dos selos também no segmento doméstico.

Prédios detentores de selos específicos de sustentabilidade oferecem maior retorno financeiro aos investidores e aos operadores. Crédito: © George Hammerstein /Corbis

Prédios detentores de selos específicos de sustentabilidade oferecem maior retorno financeiro aos investidores e aos operadores. Crédito: © George Hammerstein /Corbis

Em Mercado Imobiliário
, , , , , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
10 out

A cidade de Copenhague, na Dinamarca, foi eleita a Capital Verde Europeia de 2014. O título é concedido anualmente pela Comissão Europeia às cidades que adotam iniciativas sustentáveis visando tornar a região mais saudável.

Duas medidas adotadas pelo governo local foram decisórias para a cidade conquistar esse prêmio. A primeira foi a proposta de eliminar as emissões de carbono até 2025. Por meio de planos estratégicos de sustentabilidade e mudança climática ficou definido que as coberturas dos novos edifícios que tiverem determinado ângulo de inclinação deverão ser, obrigatoriamente, “tetos verdes”.

Já a segunda é referente ao incentivo ao uso da bicicleta como meio de transporte. Estipulou-se que , até 2015, 50% da população – cerca de 541 mil habitantes – deve utilizar a bicicleta para trajetos urbanos cotidianos. Para conseguir alcançar esta meta está sendo projetado um Circuito Verde, onde se interligarão linhas de metrô e uma malha de ciclovias.

Instituído em 2008, o prêmio foi concedido a primeira vez para a cidade de Estocolmo, seguida por Hamburgo (2011), Vitoria-Gasteiz (2012) e Nantes (2013).

Crédito: Inhabitat

Crédito: Inhabitat

Em Mercado Imobiliário
,
Postado por <brasilbrokersoficial>
29 ago

Decoração sustentável nunca sai de moda. Cada vez mais essa tendência ecológica tem aparecido nos projetos de decoração e paisagismo. Já pensou em decorar seu apartamento ou casa com troncos de árvores? Rústicos e multifuncionais eles combinam com qualquer tipo de decoração, da mais clean a mais sofisticada.

tronco 1

 

Sua forma bruta confere ao ambiente elegância e versatilidade. Às vezes eles podem até parecer feios, mas se usarmos a criatividade aliada ao bom gosto, esse item pode transformar qualquer espaço, basta usar a imaginação. Deixar a rusticidade da madeira em evidência dá um toque especial ao ambiente. Uma boa lixada e uma camada de verniz fosco na madeira conferem ao objeto o acabamento ideal. Para aqueles que querem dar um ar sofisticado ao móvel, a cera é uma ótima opção.

Criado-mudo de tronco de árvore

Criado-mudo de tronco de árvore

Com destaque natural, os troncos de árvores podem ser utilizados como bancos, banquetas, mesas de centro, criados-mudos, aparadores, entre outros objetos, as possibilidades são infinitas. Como o objetivo dessa decoração é ser sustentável, não se esqueça de verificar a origem do material, o ideal é que seja de madeira reflorestada ou certificada. Use sua criatividade e inspire-se com as ideias abaixo!

Mesas de centro com rodinhas

Mesas de centro com rodinhas

Usados no pé da cama como mesinhas de apoio

Usados no pé da cama como mesinhas de apoio

Mesa de centro conferindo ao ambiente moderno um toque de rusticidade

Mesa de centro conferindo ao ambiente moderno um toque de rusticidade

Pedaço comprido de tronco utilizado como mesa de apoio na sala de estar

Pedaço comprido de tronco utilizado como mesa de apoio na sala de estar

Mesa de centro com tronco de madeira retangular

Mesa de centro com tronco de madeira retangular

 

Em Decoração
, , , , , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
27 jun

Por muito tempo os móveis de plástico eram cogitados na decoração apenas para as áreas externas, mas após o produto ter se tornado o queridinho de alguns estilistas no mercado da moda, o plástico ganhou espaço também na decoração interna. Materiais como acrílico e vinil podem ser vistos em cadeiras, mesas e luminárias. Para dar aquele toque moderno no ambiente, dê preferência aos móveis coloridos.

Os móveis de plástico permitem uma variedade de cores ousadas e diversas combinações para compor e trazer mais vida para ambientes sóbrios. Há até mesmo modelos assinados por designers renomados, como as cadeiras Louis Ghost, inspirada em formas clássicas, mas com um toque de modernidade e transparência, assinadas pelo famoso Philippe Starck.

Cadeira Louis Ghost, assinada por Philippe Starck. Crédito: Casa Vogue

Cadeira Louis Ghost, assinada por Philippe Starck. Crédito: Casa Vogue

Outras vantagens também podem ser atreladas ao mobiliário de plástico. Além de serem sustentáveis, algumas sobras ou peças quebradas são reutilizadas pelos fabricantes. Uma boa característica desses móveis é que são muito fáceis de limpar e por não acumular pelos, são ótimos para ambientes onde circulam animais de estimação. O plástico vai bem tanto a peças de design retrô quanto contemporâneo. Veja abaixo algumas dicas e inspire-se!

Bancos de plástico dourado na decoração trazem glamour a qualquer ambiente. Crédito: Coisas Para Casa

Bancos de plástico dourado na decoração trazem glamour a qualquer ambiente. Crédito: Coisas Para Casa

Caixas de engradado, de todas as cores. Olha o resultado! Crédito: Revista TPM

Caixas de engradado, de todas as cores. Olha o resultado! Crédito: Revista TPM

Móveis assinados pelo israelense Naty Mosko. Crédito: Casa & Jardim

Móveis assinados pelo israelense Naty Mosko. Crédito: Casa & Jardim

Cadeiras coloridas Philippe Starck. Crédito: Manteiga Derretida

Cadeiras coloridas Philippe Starck. Crédito: Manteiga Derretida

Em Decoração
, , , , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
26 fev

Porque não aproveitar um espaço teoricamente ocioso para torná-lo produtivo e ainda por cima reciclar lixo orgânico com as chamadas “hortas urbanas”? Isto já é uma realidade em prédios comerciais, como o de um shopping center em São Paulo, e também em moradias de baixa renda de uma comunidade no Rio.

O Shopping Eldorado, na cidade de São Paulo, instalou uma horta com mil metros quadrados no seu teto. O projeto de compostagem acontece há quase dois anos e as plantas crescem diretamente no composto orgânico produzido pelo shopping. Mensalmente são geradas 14 toneladas de adubo a partir dos restos das 10 mil refeições servidas por dia na praça de alimentação. Com o trabalho de compostagem e a reciclagem, o shopping Eldorado recicla 25% das 300 toneladas de lixo mensais.

Horta plantada no teto do Shopping Eldorado (SP). Imagem: Portal Ecoeficientes

Horta plantada no teto do Shopping Eldorado (SP). Imagem: Portal Ecoeficientes

A intenção do Eldorado é cobrir toda a área do seu teto, cerca de 9.8 mil metros quadrados, o que poderá ajudar a formar um microclima que poderá ajudar a diminuir em um grau a temperatura interna do shopping.

Quase 500 quilômetros dali, no Rio de Janeiro, uma comunidade carente implantou um projeto semelhante ao realizado em São Paulo. No morro do Chapéu Mangueira, no bairro do Leme, moradores participaram de um projeto organizado pelo Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), que lhes capacitou a instalar e manter hortas em lajes e quintais.

O curso durou quatro meses e ofereceu estrutura com calhotes e minhocário para reciclar resíduos orgânicos e transformá-los em adubo. Além de estimular a alimentação mais saudável, a ideia é que no futuro estas pequenas plantações venham a completar o orçamento dessas famílias.

Projeto do CEBDS, no Rio de Janeiro, capacita moradores de comunidades carentes a fazer hortas em lajes e quintais das suas casas. Imagem: Divulgação CEBDS.

Projeto do CEBDS, no Rio de Janeiro, capacita moradores de comunidades carentes a fazer hortas em lajes e quintais das suas casas. Imagem: Divulgação CEBDS.

Ficou com vontade de ter uma horta e não tem uma laje para isso, veja esse post que fizemos sobre como aproveitar o pouco espaço da sua casa para cultivar hortaliças e ervas. Quer ver um exemplo, neste caso residencial, sobre revestimento vivo no teto para diminuir a temperatura interna do imóvel, confira esse outro post

Em Inovação
, ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
04 fev

Você quer decorar sua casa e dar ao ambiente um toque de elegância? O bambu é a escolha perfeita! Na China, o bambu simboliza alegria e fertilidade. Na decoração, traz um ar exótico e natural para a casa toda. Simples, e não muito caro, o bambu é um elemento indispensável em uma decoração diferente. Cada vez mais usado pelos profissionais do ramo, é uma alternativa sustentável para substituir a madeira na arquitetura e decoração.

Originária da Ásia tropical, o bambu é uma planta gigante de mais de 1300 espécies e pode ser utilizado de diversas formas. Suas lâminas podem ser aproveitadas para revestir tetos, pisos, portas e móveis, conferindo uma decoração natural e harmoniosa. Além de ser usado como material de construção ou revestimento também podemos usar suas varas como divisórias em qualquer lugar da casa.

neobambu - sala

O revestimento do piso e teto com bambu dá uma sensação de acolhimento na sala de estar. Crédito: Neobambu

Para quem gosta de decoração e tem um espírito criativo, há várias combinações quem podem ser feitas com o bambu. Sua versatilidade permite que ele seja aplicado em quadros, cabeceira para camas, tapetes, móveis, plantas para o jardim, utensílios de mesa, adesivos, entre outros. Além de trazer um toque rústico, seu uso ainda proporciona a satisfação de estar contribuindo com o meio ambiente, evitando a extração de madeiras.

Confira algumas ideias de decoração com bambu que podem ser usadas de inspiração para a decoração da sua casa!

Divisória de bambu é elegante e combina com uma decoração clean. Crédito: Top Interior Design

Divisória de bambu é elegante e combina com uma decoração clean. Crédito: Top Interior Design

Resistente à umidade, o bambu é muito utilizado em áreas externas / Crédito: Revista Casa & Jardim

Resistente à umidade, o bambu é muito utilizado em áreas externas. Crédito: Revista Casa & Jardim

Adesivos com estampa de bambu deixam o banheiro com um clima zen! Perfeito para relaxar na hora do banho.  / Crédito: Prifx

Adesivos com estampa de bambu deixam o banheiro com um clima zen! Perfeito para relaxar na hora do banho. Crédito: Prifx

Lâminas de bambu utilizadas na cabeceira da cama dão um ar aconchegante ao quarto / Crédito: Neobambu

Lâminas de bambu utilizadas na cabeceira da cama dão um ar aconchegante ao quarto. Crédito: Neobambu

 

 

Em Decoração
, , , , , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
15 mar

Pode parecer muito complicado, mas hoje em dia já temos diversos recursos que tornam essa ideia possível. Casas sustentáveis são projetos que consomem menos água e energia elétrica, além de serem desenvolvidas com produtos que diminuem os prejuízos ambientais como a emissão de gases poluentes.

Em Piracaia, cidade no interior de São Paulo, Ângelo Negri construiu sua própria casa de 120m² de forma totalmente sustentável. O proprietário, familiares e amigos fizeram a obra inteira, sem mão de obra especializada, após muito estudo a respeito de materiais sustentáveis e suas técnicas de aplicação.  A parede, por exemplo, foi construída com sacos de rafia recheados de terra compactada com um pilão. O reboco é natural, feito de terra, cal, areia e estrume bovino. As tintas são criadas com cal, óxido de ferro, argila, quartzo e mica. O telhado é de grama, o que reduz o calor em dias quentes.

Um projeto como este ainda não é possível ser feito em escala, mas na Brasil Brokers podemos encontrar empreendimentos que contam com tecnologias sustentáveis. O condomínio Contemporâneo Design Resort Houses, no Rio de Janeiro, por exemplo, prevê em seu projeto lâmpadas de baixo consumo de energia e grande durabilidade; medidores individuais de água e de gás; descarga com caixa acoplada, para um menor consumo de água; torneiras e válvulas com regulagem para evitar o desperdício das áreas comuns, além de reservatório para reaproveitamento das águas pluviais para rega dos jardins, lavagem de calçadas e ruas.

Contemporâneo Design Resort Houses - Estrada da Cachamorra - Campo Grande - RJ

Mas nem sempre é possível fazer uma casa dessa maneira, então confira algumas dicas para você que já está com a casa pronta mas deseja torná-la um pouco mais ecológica com mudanças sustentáveis que farão toda a diferença para o meio ambiente.

Válvula de descarga com sistema dual para 3 ou 6 litros – Essas válvulas são capazes de  diminuir em até 40% o consumo de água.

Triturador de alimentos na pia da cozinha: Os resíduos de alimentos são triturados, diminuindo o lixo orgânico e gerando economia no armazenamento e no uso de materiais de limpeza.

Luz natural: Aproveite, ao máximo, a luz natural. Isso pode ser feito por meio de janelas grandes, paredes de vidro, dispositivos que reflitam e rebatam a luz e clareiem os ambientes. Desta forma, você economiza no uso de lâmpadas

Móveis: Em vez de madeira, escolha peças feitas com bambu de reflorestamento, ele é mais barato e mais resistente. Outras alternativas são os móveis feitos de material reciclável como metais, vidro e plástico.

Tintas: Quando for pintar sua casa, opte por tintas naturais e ecológicas. Elas são fabricadas com matérias-primas naturais, sem sintéticos ou insumos derivados de petróleo em sua composição.

Plantas: Além de decorar o ambiente, as plantas são ótimas em renovar o ar e desintoxicar o interior de casa. A Hera, o Clorofito, a Jiboia e o Lírio-da-Paz são algumas das plantas que mais purificam o ar.

 

 

 

Em Decoração
, ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
22 jun
Você pode ser sustentável e ainda economizar!

Você pode ser sustentável e ainda economizar!

 

Como o Brasil e o mundo respiram sustentabilidade vamos dar algumas dicas para deixar a sua casa mais “verde”, sem perder o conforto.

– Está cansada dos móveis que tem em casa? Que tal reformá-los? Peça ajuda aos seus filhos para escolher uma nova cor para os móveis e aproveite o fim de semana para fazer uma bagunça saudável com os pequenos. Vai ser uma diversão à parte para a criançada, que vai adorar contribuir na nova decoração da casa.

– A geladeira gela menos do que deveria e você deseja trocá-la? Verifique se o problema não está apenas nas borrachas das portas. Se estiverem velhas, troque-as. Reformá-la seria uma boa ideia! Imãs de geladeira e adesivos próprios ajudam a dar outra cara ao eletrodoméstico. Pegue o dinheiro que você usaria para comprar a nova geladeira e coloque na poupança. Aproveite e comece a planejar as próximas férias com essa economia.

– O ar-condicionado é indispensável na sua vida. Tudo bem, em alguns lugares do Brasil as temperaturas não baixam mesmo, mas você pode manter o ambiente mais fresco deixando as janelas bem abertas durante o dia e evitando colocar móveis que possam obstruir a passagem da ventilação. Dessa forma o ar-condicionado não vai precisar estar na temperatura máxima para deixar o ambiente mais fresco em menos tempo!

– Use lâmpadas fluorescentes. E para quem acha que a cor branca tem cara de escritório, use as amareladas, que tem a mesma eficiência das comuns, porém esquentam menos e ajudam a diminuir a conta de luz. A iluminação natural também é importante, use e abuse dela! Opte por cortinas claras e evite objetos e móveis que escureçam o ambiente. Manter as lâmpadas e eletrodomésticos desligados quando não estiverem sendo utilizados ajuda a economizar energia.Mamães e papais,ensinem seus filhos a não abrirem a geladeira a todo instante. Além de interferir na validade dos alimentos, ainda ajuda a deixar a conta de luz mais robusta!

– Sua conta de água está muito alta? Verifique se não há vazamentos nas torneiras, descarga e chuveiro. Aquele pinga-pinga é mestre em fazer a conta aumentar.

– Separe o lixo orgânico do seco. Incentive a separação seletiva no prédio. Converse com os demais moradores na próxima reunião do condomínio. Mesmo nas cidades que ainda não possuem coleta seletiva, existem cooperativas e ONGs que trabalham com material reciclado. Combine com elas uma data para que façam a coleta na sua casa.

O custo do cuidado é sempre menor que o custo do reparo” – Marina Silva

Em Dicas para o Lar
, , , , , , , , , , , ,
Postado por <brasilbrokersoficial>
20 jun

Seja bem-vindo ao mais novo canal de comunicação da Brasil Brokers. Aqui falaremos sobre decoração, paisagismo, inovação e cases do mercado imobiliário.

Mas os assuntos não param por aí não! Vamos falar também sobre sustentabilidade e dar dicas para que a sua casa fique cada vez mais bonita. Você vai encontrar sugestões que irão auxiliar nas escolhas para aproveitar todos os ambientes. E o que é melhor, deixando ela com o seu jeito!

Aproveite este espaço que vai ter entrevistas exclusivas de grandes arquitetos, paisagistas e especialistas em deixar a sua casa mais espaçosa, aconchegante e moderna!

Abraços da equipe Brasil Brokers!

Em Institucional
, , , , , , ,